Seção: Comentários Teleco

21/06/2006


Claro lidera crescimento em maio e disputa com a Tim a 2ª posição

 

A Claro, com um crescimento de 598 mil celulares (adições líquidas), liderou o crescimento do celular em maio, demonstrando disposição para voltar a brigar pela 2ª posição em market share de celulares com a Tim. A diferença entre a Claro(22,24%) e a Tim(23,59%) caiu de 1.770 mil celulares em Fev/06 para 1.250 mil em Mai/06.

 

 

 

 

A competitividade da Claro tem impulsionado o crescimento do celular em algumas regiões do país como por exemplo:

  • Minas Gerais. Este foi o único estado em que o crescimento do celular em Mai/06 (203 mil) superou o de Mai/05 (187 mil). A competição em Minas está acirrada pela entrada em operação da Claro no final de 2005.
  • Salvador (área 71). Esta área se tornou em Mai/06 a 2ª mais densa do país com 75,98 cel/100 hab. superando Porto Alegre (mais detalhes). A Claro, útima operadora a entrar no mercado, foi a que mais cresceu (5,1%) estando praticamente empatada com Tim e Vivo na 2ª colocação com 22% de market share. A lider é a Oi com 33%. O crescimento do celular na área 71 em Mai/06 foi de 2,9%, acima da média Brasil (2,0%).

A líder de mercado Vivo, apesar de ter o seu market share reduzido de 33,35% para 32,99% no mês, apresentou em maio um crescimento maior que nos meses anteriores. Uma das desvantagens da Vivo é estar fora dos mercados de Minas Gerais e do Nordeste onde o celular apresentou maior crescimento em 2006.

 

 

 

São Paulo, maior economia do País, mais uma vez cresceu abaixo da média brasileira, apesar de ostentar uma densidade aquém dos líderes Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Goiás, Santa Catarina e Mato Grosso.

 

Crescimento do celular em maio

 

O Brasil terminou o mês de maio com 92,4 milhões de celulares e uma densidade de 49,6 Cel/100 hab. As adições líquidas no mês foram de 1,8 milhões de celulares, crescimento inferior aos 3 milhões de Mai/05. Em junho o Brasil deve atingir 50% de densidade, ou 1 celular para cada 2 habitantes na média nacional.

 

 

O crescimento de 6,2 milhões de celulares acumulado no ano é, no entanto, superior ao apresentado de Jan-Maio de 2004. O celular cresceu 19,2 milhões em 2004 e 20,6 milhões em 2005.

 

O crescimento do celular em 2005 foi puxado por fortes promoções das operadoras nos meses de abril, maio e agosto. A mais popular era a dos telefones pré-pagos por R$ 99,00. Nos demais meses do ano o crescimento mensal foi inferior ao apresentado em 2004.

 

 

O crescimento nos últimos 12 meses até Mai/06 foi de 18,6 milhões de celulares. Pelas projeções do Teleco o número de adições líquidas de celulares em 2006 deve ficar entre 18 e 22 milhões. O Brasil deve terminar 2006 com 104 a 108 milhões de celulares. O resultado final dependerá em grande parte do grau de competição entre as operadoras.

 

Diante deste quadro pergunta-se:

  • A Claro continuará puxando o crescimento do celular nos próximos meses? A Claro irá ultrapassar a Tim? Como este esforço afetará os resultados do trimestre?
  • Como reagirá a Tim ao crescimento da Claro? E a Vivo?
  • A competitição entre as operadoras irá aumentar ou diminuir no 2º semestre? Com quantos celulares o Brasil terminará 2006?
  • As operadoras móveis virtuais (MVNOs) podem estimular o crescimento do celular no Brasil? e o 3G?
  • Qual o impacto da diminuição dos subsídios das operadoras para os pré-pagos no crescimento celular em 2006 no Brasil?
Comentário de Francisco José de Oliveira

O que estou sentindo do mercado nos últimos meses, que cada vez mais as operadoras de Telefonia Móvel tem que ser mais ágeis em suas ações tanto comerciais como tecnológicas, não podem esperar o amanhã, tem que fazer o amanhã acontecer hoje, vejamos a Vivo e a Tim estão cada vez mais perdendo mercado ou não crescendo na mesma velocidade que sua concorrência. A Claro, Oi, Brt, estão se movimentando a mais de 3 anos buscando o seus mercados e estão conseguindo mesmo sendo pouco a pouco e a Telemig Celular, Amazonas Celular e Brt são empresas pequenas e fazem ações a ripadas sem muita burocracia para recuperação e fidelização de suas carteiras de clientes.

 

O grande problema da Vivo e da Tim e claramente a Claro devido à cobertura também nacional e apetite dos seus acionistas no momento pelo mercado.

 

A Claro vai ter um melhor desempenho em Minas no segundo semestre, pois foi muito conturbada sua chegada em dezembro de 2005 com vários problemas na justiça e seus Gestores declaram que vão colocar todos os seus esforços financeiros para englobar a Telemig Celular e a Amazonas Celular se caso acontecer isso ela não vai simplesmente passar a Tim, a Claro vai chegar bem perto da Vivo, mas essa briga vai demorar alguns meses e sairá cara e não podemos esquecer que a Vivo também deve se movimentar para aquisição destas duas empresas. A Telemig Celular e Amazonas Celular iram decidir quem vai passar e quem vai chegar perto de quem e quando.

 

A Tim já pode se considerar em terceiro lugar nesta briga e em algumas regiões amargando a quarta colocação, pois a Oi na região I já ultrapassou ela há muito tempo em quase todos os mercados onde ela esta atuando e a Brt e a Claro na região II esta no mesmo caminho para que isso venha acontecer e a Claro em São Paulo já esta dês de 2005 na frente dela e abrindo espaço agora, a Tim tem que procurar boas praticas do mercado, o que o meu concorrente esta fazendo para eu faça igual ou melhor, copiar o modelo de atuação de mercado da Claro e da Oi são as que mais estão crescendo no momento.

 

Deveremos chegar a mais de 100 milhões de acesso de acesso móvel ate o final do ano, então temos ai uma disputa de 8 milhões de novos acessos, mas o que estamos vendo e que 80% deveram ser disputados praticamente entre 3 empresas, Claro, Oi, Brt em crescimento real de acessos, pois ainda a Vivo não esta em Minas e no Nordeste e estes dois mercados estão impulsionando o crescimento no momento.

 

A operadora que enxergar e realmente e investir no movimento MVNOs em seguimentação de clientes e fazer parceria com empresas integradores de serviços de Dados e Voz ela ira sair na frente em FIDELIZAÇÃO E RENTABILIDADE com os seus clientes, pois ainda não estão explorado os mercados:

  • Automação Industrial e residencial.
  • Automação da Informação de mercados específicos via SMS.
  • Automação de força de vendas e PDAs do setor varejista.
  • Automação Bancaria.
  • Rastreamento de Veículo, controle trafego urbano e estradas por imagens.
  • Aplicação de Voip via GSM por mobilidade corporativa.
  • Serviços inteligentes para seguimentação de mercado e clientes.

Este tipo de mercado não é concorrência propriamente com as operadoras isso e uma integração dos serviços que ela presta para o mercado e aumento de suas receitas.

 

Colocar o retrato da Xuxa e Ronaldinhos nos celulares e vender nas lojas para adolescentes isso MVNOs, mas existe muito mais a ser explorado no mercado Brasileiro do que imagens de artista e jogadores de futebol.

 

 

Comentário de Antonio A. Lima

A Claro teve um grande crescimento neste primeiro trimestre deste ano, mas não  é por isso que ela ultrapassará a TIM muito fácil, ao contrário, terá que lutar para conseguir a vice-liderança, a diferença é muito pequena mas em números é muito grande.

 

A Claro puxará novamente um ligeiro crescimento nos próximos meses, mas não será igual dos cinco primeiros meses do ano, ela só teve esse crescimento por causa das promoções de celulares de R$ 1,00 mas parece que no momento ela parou e não se sabe quando vai voltar essa promoção. Provavelmente a Claro só irá ultrapassa a TIM somente ano que vem, por que o crescimento da base  telefonia  celular nacional por mês está diminuindo, as operadoras estão começando a investir nas suas próprias base de clientes. Será que vai ter efeito a curto ou longo prazo? eis a questão.

 

O resultado do Segundo Trimestrre não irá afetar tanto a Claro, por que a maioria dos celulares que ela vendeu era pós pago, ou seja, pós pago é o que da mais rentabilidade para empresa.

 

O impacto da dimuição dos subisídios não terá impacto algum, por que hoje a maioria dos clientes  pode aderir uma determinada promoçao só basta pagar uma taxa e que estará participando da promoção, com isso não será tanto atrativo o usuário adquirir outro aparelho, por isso afetará mais ainda crescimento da base da telefonia nacional e  também muitos não fazem troca de aparelho por que a maioria dos celulares mais modernos estão muito caro ainda.

 

Reação da TIM não será muita espontânea, ela continuará o de sempre mas sem se esquecer dos clientes que ela já tem, ou seja, ela poderá até ser agressiva nos próximos meses, com isso conseguirá manter sua base e ao mesmo tempo conquistar novos clientes. Já a Vivo talvez começará a ser um pouco agressiva, mas não para conquistar somentes novos clientes mas para tentar manter sua base de clientes estável.

  

Com certeza o segundo semestre será agressiva por causa da Claro, por que ela quase conquistou 1% do mercado praticamente em seis meses, com isso a Claro virá a todo vapor pra cima da TIM, com isso forçará as outras operadoras a se mexerem.

 

O 3G no Brasil com certeza não virá muito cedo, mesmo que as operadoras como a Claro e a TIM invistam nas suas própria frequências de 850Mhz, por causa que ninguém está disposto a comprar um celular de R$ 2,000,00 a R$ 3,000,00, mesmo que que elas duas diminua os subisídios, ou seja, as duas operadoras temem que o 3G não decole e acabe virando mico igual o da Vivo.

 

E a base nacional com certeza poderá ser está estipulado por vocês da teleco, a base nacional só vai começar novamente a crecer ligeiramente  quando haver convergência entre fixo e móvel, um exemplo disso e a OI.

 

 

Workshop

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Market Update

04 de Abril

Regulamentação de Telecom

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop Teleco Market Update 2016

Organizador: Teleco
4 de abril

IoT BRASIL SUMMIT 2017

Organizador: Telesemana/Teleco
5 de abril

Mais Eventos

LIVROS

 




 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...