Seção: Comentários Teleco

28/01/2007


Região I cresceu 8,4 milhões de celulares em 2006

 

A base de celulares do Brasil cresceu 15,9% em 2006, tendo o crescimento puxado por Minas Gerais, Bahia e estados do Nordeste que cresceram mais de 20%. Estes estados pertencem à região I, onde atua a Telemar/Oi.

 

 

Em 2006 a Região I cresceu 21,4%, enquanto a Região II cresceu 9,2% e a Região III (São Paulo) 13,8%. Exceto Rio de Janeiro e Minas Gerais, os estados da Região I são os que apresentam menor densidade de celulares no país. A Região I, no entanto é a que possui o maior número de celulares, 47,7 milhões (47,7% do Brasil).

 

 

Minas Gerais foi a estrela de 2006, sendo o único estado a estar no quadrante D da figura acima ( Densidade e Crescimento maior que a média Brasil). A competição em Minas foi acirrada pela entrada da Claro no final de 2005.

 

As adições líquidas da Região I foram de 8,4 milhões de celulares em 2006, 61% do total Brasil (13,7 milhões).

 

Celular em 2006 nas Regiões I, II e III.

 

Milhares
Cel/ 100 hab
Celulares
Adições Líquidas
Total
%
Total
%
Região I
46,74
47.689
47,7%
8.362
61,2%
Região II
62,96
27.939
28,0%
2.361
17,3%
Região III
58,76
24.251
24,3%
2.946
21,6%
Brasil
53,22
99.879
100,0%
13.669
100,0%

 

São Paulo (2,9 milhões), Minas Gerais (2 milhões) e Bahia (1,3 milhões) foram os estados com mais adições líquidas em2006.

 

O crescimento do celular em 2006 foi impactado pela limpeza de base promovida pela Vivo. Em Jun/06 a operadora apresentou uma diminuição de 1,97 milhões em sua base de celulares, o que reduziu as adições líquidas no 1º semestre de 2006. O impacto foi maior na região II onde a redução foi de 1,25 milhões de celulares.

 

 

A Vivo continuou a limpeza de sua base no 2º semestre, principalmente na região II onde apresentou redução na quantidade de celulares.

 

Adições líquidas das operadoras no 2º semestre de 2006.

 

Milhares
Vivo
Tim
Claro
Oi
BrT
Região I
453
1.598
1.317
1.044
-
Região II
(98)
697
820
-
605
Região III
172
776
795
-
-
Total
527
3.070
2.932
1.044
605

Nota: Amazônia, Telemig, CTBC e Sercomtel totalizaram adições líquidas de -19 mil celulares.

 

A Região I foi a região que mais contribuiu para as adições líquidas da Vivo, Tim e Claro no 2º semestre de 2006. Isto ocorreu mesmo para a Vivo, que não está presente em Minas Gerais e estados do Nordeste (área 10).

 

Tim e Claro, além de liderar o crescimento no 2º semestre de 2006, apresentaram adições líquidas superiores às da Oi na região I e às da BrT na região II.

 

Para uma análise do crescimento do celular em 2006 e projeções para 2007, consulte: Qual será o crescimento do celular em 2007?

 

 

Diante deste cenário, pergunta-se:

  • A Região I continuará liderando o crescimento do celular em 2007?
  • São Paulo, maior economia do País, continuará na 7ª posição em densidade? Há espaço para um 4º operador em SP?
  • Qual será o crescimento do celular em São paulo em 2007?
  • Os estados do Nordeste continuarão crescendo mais que a média Brasil? Existe espaço para um 4º operador nestes estados?
  • Qual o futuro da Oi e da BrT? A Oi irá perder a liderança na Região I? A BrT conseguirá repetir o crescimento de 2006 em 2007?
  • Vivo passará a estar presente em Minas e no Nordeste em 2007?,

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

Workshop

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Internet das Coisas
27 de Junho

Market Update

Regulamentação

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop de Internet das Coisas

Organizador: Teleco
27 de junho

Mais Eventos

LIVROS

 




 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...