Seção: Comentários Teleco

10/02/2007


A Vivo vai perder a liderança em 2007?

 

A Vivo é a operadora de celular líder no Brasil tanto em quantidade de celulares como em receita. No entanto, ela terminou 2006 com 752 mil celulares a menos que em 2005 e uma redução de 2,8% na sua receita líquida anual.

 

Este foi um ano no qual a Vivo teve que tomar decisões difíceis como a limpeza em sua base de clientes, a adoção da tecnologia GSM e o realinhamento de preços de seus planos de serviços. (Consulte A Vivo arruma a casa para voltar a crescer)

 

Diante deste quadro, a Vivo passou a ser ameaçada pela Tim e pela Claro que reduziram a diferença que as separa da empresa líder em 2006.

 

 

 

Como tanto a Tim como a Claro apresentaram adições líquidas de 5,2 milhões de celulares em 2006, a diferença que as separa da Vivo caiu para 3,6 milhões e 5,2 milhões de celulares respectivamente.

 

Mantido o quadro atual de operadoras, dependerá em grande parte da própria Vivo, se manter em 2007 na liderança em market share de celulares. Tim e Claro só conseguirão ultrapassar a Vivo em 2007 se ela apresentar um crescimento muito baixo no ano. Isto pode acontecer se a Vivo não tiver completado ainda a limpeza de sua base de clientes. A Vivo apresentou crescimento negativo em 2006 devido a limpeza promovida em sua base que, pelas estimativas do Teleco, atingiu mais de 2,5 milhões de celulares.

 

A expectativa é que com a nova rede GSM a Vivo volte a crescer em 2007. Esta rede já se encontra em operação e a operadora está comercializando celulares pré-pagos GSM em todo o país. A venda de celulares pós-pagos GSM deve ser iniciada até 31 de março. No médio prazo, a expansão de sua rede para Minas Gerais e no Nordeste deve contribuir também para o crescimento da operadora.

 

Liderança em Receita

 

A vantagem da Vivo em receita é menor do que em market share. Pelas projeções do Teleco a Tim deve ter alcançado a Vivo em receita líquida no 4º trimestre de 2006 (4T06).

 

Nota: A receita líquida Tim para o 4T06 foi estimada pelo Teleco

 

Em termos anuais a Vivo continua na frente, mas será difícil manter esta vantagem em 2006.

 

R$ bilhões
2005
2006
Vivo
11,30
10,93
TIM
8,41
10.10*
Claro
6,55
7,78

* Estimada pelo Teleco

 

Observe-se que não foi apenas a receita líquida da venda de aparelhos da Vivo que caiu em 2006, mas também a receita líquida de serviços.

 

Receita Líquida da Vivo

 

R$ Milhões
2005
2006
crescimento
Receita de Serviços
9.613
9.560
-0,5%
> Assinatura e Utilização
4.952
4.793
-3,2%
> Uso de rede
4.122
4.173
1,2%
> Outros serviços
539
594
10,2%
Receita de Aparelhos
1.641
1.376
-16,1%

 

A receita líquida de serviços apresentou uma redução de 0,5%, apesar da receita de interconexão (uso da rede) ter crescido com a aplicação do Bill & Keep a partir de Jul/06. A queda de 3,2% na receita de assinatura e utilização é um indicador de que a Vivo não perdeu em 2006 apenas clientes inativos, mas clientes que geravam receita.

 

Rentabilidade

 

No que se refere a busca de uma maior rentabilidade de suas operações as três operadoras apresentaram progressos em 2006.

 

A Vivo, que havia apresentado prejuízo de R$ 594 milhões em 2005, apresentou lucro de R$ 16,3 milhões em 2006. Este resultado foi obtido graças a ativações de créditos no montante líquido de R$ 740 milhões, viabilizada com a incorporação das empresas operacionais (reestruturação societária).

 

A Tim deve apresentar uma margem EBITDA maior que 20% em 2006 superior aos 18,2% de 2005. Já a Claro, conseguiu sair de uma margem EBITDA negativa em 2005, para positiva (13,3%) em 2006. O EBIT continuou no entanto negativo.

 

Diante deste quadro pergunta-se:

  • A Vivo vai terminar 2007 na liderança em Market Share de celulares?
  • A Vivo já terminou a limpeza de sua base? A limpeza vai continuar em 2007?
  • A Tim vai ultrapassar a Vivo em receita em 2006?
  • A Claro vai conseguir se aproximar da Tim e da Vivo em receita?
  • As operadoras de celular apresentarão lucro em 2007?

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

Comentário de Luis Fernando Neves

Acredito que não. A vivo está tentando de tudo, mas já não tem tanta força.

 

A vivo tem muito o que limpar ainda.  Ta longe de se atualizar na rede GSM

Sim a Tim ultrapassará a vivo sim!

 

Sim a Claro é uma operador muito forte e irá lutar pra ser a melhor.  Sendo assim encostará fácil na Vivo e Tim.

 

Em 2007 não.. Vai ser um ano para conseguir mais clientes e se aprimorar mais.

 

 

Comentário de Leila Di Luccia

Acredito que a Tim não ultrapassa a Vivo, ela continuará na frente,pois ela irá liberar o sinal CDMA somente para dados, e GSM ficará somente para voz. Será um ano incrível para Vivo.A limpeza deverá continuar pois é necessario.

 

 

Comentário de Herculano Rodrigues Filho
  • A Vivo vai terminar 2007 na liderança em Market Share de celulares?
    Sim. O presidente Roberto Lima está fazendo um excelente trabalho que já começou a dar resultados como mostra o último relatório financeiro da Vivo em 2006;

  • A Vivo já terminou a limpeza de sua base? A limpeza vai continuar em 2007?
    Acho que ainda continua, para ficar preto no branco;

  • A Tim vai ultrapassar a Vivo em receita em 2006?
    Não. A Vivo sempre será a líder;

  • A Claro vai conseguir se aproximar da Tim e da Vivo em receita?
    Desde que faça o que a vivofez nos últimos dois anos...;

  • As operadoras de celular apresentarão lucro em 2007?
    Se aceitarem a proposta do Presidente Roberto Lima "No rateamento das torres, etc e tal..."

 

 

Comentário de Jorge Araujo

Conforme vimos observando ao longo dos últimos 3 anos, a VIVO caiu de mais de mais de 50% de market share para menos de 30%, porque essa sangria iria parar agora? A rede GSM só fica pronta em Jun/07 e a rede CDMA está em coma, respirando por aparelhos (alguém falou em liberar sinal só para dados?!!! com que capacidade de rede e quais terminais??? piada!). Acredito que todas as operadoras tenham limpeza de base para realizar, porém a VIVO, por razões políticas internas, ficou anos sem fazê-la e não pode agir de uma vez só, ainda tem muito esqueleto atrás do armário... A VIVO bem que poderia finalmente comprar a Telemig Celular para sair do marasmo... afora uma consolidação de grandes operadoras o cenário deve ter uma evolução gradual neste ano, com a TIM fechando em 1o. e Claro e VIVO brigando pelo 2o. lugar. Lucro, acho difícil, pois as operadoras conseguem esconder o leite muito bem...

 

 

Workshop

 

 

Loading

EVENTOS

Mais Eventos

 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...