Seção: Comentários Teleco

19/08/07


A virada da Oi

 

O Brasil terminou jul/07 com 108,5 milhões de celulares e uma densidade de 57,4 cel/100 hab. As adições líquidas do mês (1.8 milhões) superaram as de Jul/06 (1,3 milhões).

 

A Oi, com adições líquidas de 562 mil celulares, foi a operadora que mais cresceu em Jul/07, revertendo desta forma uma tendência de baixo crescimento que se estendia por quase 1 ano.

 

 

A Oi vinha perdendo market share desde Ago/06, fruto da decisão de não mais subsidiar a venda de telefones celulares pré-pagos. Esta estratégia fez com que o market share da Oi caísse gradualmente de 13,23% em Ago/06 para 12,78% em Jun/07, mês em que perdeu a liderança em market share na Região I para a Tim.

 

Com o expressivo crescimento alcançado em Jul/07 a Oi recuperou a liderança na Região I e seu market share Brasil cresceu para 13,08%.

 

O crescimento da Oi está associado ao sucesso da promoção "Ligador" para celulares pré-pagos. Nesta promoção, fazendo uma recarga mensal de R$ 10 o cliente ganha um bônus mensal de R$ 100 para chamadas de Oi para Oi ou de Oi para fixo. Se a recarga for de R$ 25 o bônus é de R$ 250. Esta promoção teve uma grande aceitação na área 10 (Nordeste) responsável por 69% das adições líquidas da Oi em julho.

 

As outras operadoras têm feito promoções de bônus e minutos mais baratos, mas principalmente para planos pós-pagos. A novidade da promoção da Oi é a vantagem oferecida para celulares pré-pagos.

 

Estas promoções provocam a queda do preço médio por minuto, o que estimula um aumento do baixo MOU (minutos de uso por usuário) do celular no Brasil (mais detalhes). Elas estimulam também a posse de mais de 1 chip (SIM Card) por uma mesma pessoa. Certos usuários passam a alternar a utilização chips em um mesmo telefone celular GSM, de modo a melhor aproveitar as vantagens obtidas.

 

O crescimento da base de celulares do Brasil passa a depender não só da venda de novos aparelhos de celular mas da venda de chips.

 

A Oi, por exemplo, que privilegia o crescimento pela venda de chips passou a fazer campanha pelo celular desbloqueado. Já a Claro, que cresce através da venda de aparelhos subsidiados, implantou um "hard lock" para dificultar o desbloqueio dos aparelhos que vende. Esta medida foi proibida recentemente pela Anatel.

 

O acirramento da competição com a entrada em operação da rede GSM da Vivo e a reação em julho da Oi está acelerando o crescimento do celular no Brasil em 2007. Este crescimento deixou de ser puxado apenas por Claro e Tim.

 

 

Os 8,6 milhões de adições líquidas acumuladas no ano superam os 6,8 milhões de celulares de Jan-Jul/06. A continuar neste ritmo o Brasil pode superar o crescimento de 13,7 milhões de celulares de 2006 e terminar 2007 com mais de 115 milhões de celulares (60 cel/100 hab). As projeções do Teleco eram de um crescimento de 12,5 milhões de celulares em 2007 (mais detalhes).

 

 

Diante deste quadro pergunta-se:

  • O crescimento do celular em 2007 superará o de 2006? A densidade do celular atingirá 60%?
  • A Oi continuará com promoções agressivas nos próximos meses? Qual será a reação das demais operadoras?
  • A maior capacidade de rede conseguida com a implantação da 3G pode estimular as operadoras a aumentaram as promoções de pacotes com minutos mais baratos?
  • Claro e a Vivo continuarão com promoções baseadas no preço do aparelho?
  • Qual será o comportamento do churn da Oi nos próximos meses?

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

Comentário de Silvio Marques

Com a tecnologia GSM que permite o usuário utilizar num único aparelho várias linhas de diferentes operadoras compatíveis, principalmente os aparelhos QuadroBand, já que a linha está somente no chip, acho que sim, vamos ter maior densaidade com os usuários utilizando linhas de duas ou mais operadoras para aproveitar as ofertas de cada uma.

 

A Oi após a decisão de desbloquear seus aparelhos mostra que será agressiva nas ofertas, e ela tem o diferencial de ser tambem a prestadora de telefonia fixa, então pode oferecer sem restrições o mesmo bônus para Oi e Fixo, já as demais operadoras estão sujeitas a pagar TU-RL. Os bôbus da Vivo e Claro normalmente são só para tráfego dentro de suas redes, a TIM costuma compartilhar os bônus em ligações p/ TIM ou Fixo, mas o Fixo não entra em todas as promoções. Já para a Oi, chamadas p/ Oi ou Fixo é indiferente.

 

Vamos ver, isso vai depender da aposta das operadoras em perder algo no curto prazo que seja compensado no médio e longo prazo.

Claro e a Vivo continuarão com promoções baseadas no preço do aparelho?

Creio que sim, o valor de aquisição do aparelho é um fator decisivo na hora da compra, já que em termos de produtos, serviços e tarifas as operadoras são muito equiparadas.

 

Já que a Oi não está mais subsidiando aparelhos, terá que compensar isso através de ofertas e promoções que diferenciem o usuário em ser cliente Oi, mesmo que seja compartilhando o OiChip num aparelho de outra operadora que esteja desbloqueado.

 

 

Comentário de Sinval Vasconcelos

Estamos vendo no atual mercado uma briga que poderia ser vista como desigual, afinal a Claro que tem em caixa bastante dinheiro para subsidiar os HS tem também na área 10 uma cobertura razoável.

 

A tática do Sr. Carlos Slim é a de "puxar" para baixo os preços dos HS e forçar suas concorrentes a fazer o mesmo.Como seu fôlego financeiro é maior, ocorre uma "quebra" nos caixas das concorrentes, o que o faz aproveitar a situação para fazer propostas de compra às concorrentes.

 

Essa é uma prática muito inteligente, porém muito arriscada, pois embora consiga aumentar bastante sua base, a Claro corre o risco do tiro sair pela "culatra", pois com promoções agressivas e com um trabalho de Marketing feito de forma inteligente, a Oi consegue dar uma volta na Claro, fazendo com que a mesma coloque no mercado os HS com preços baixos que certamente serão desbloqueados para a utilização do Oi chip.

 

A base da Claro permanecerá por 6 meses e após esse período haverá uma "debandada geral".Quem viver verá!!!!!

 

 

Workshop Celular Market Update

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Regulamentação
10 de Maio

Internet das Coisas
30 de Maio

Market Update

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop Regulamentação

Organizador: Teleco
10 de maio

Workshop de Internet das Coisas

Organizador: Teleco
30 de maio

Mais Eventos

LIVROS

 




 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...