Seção: Comentários Teleco

21/03/2008


Oi e Tim largam na frente em 2008

 

O ano de 2008 começou aquecido com adições líquidas muito superiores às de 2006 e 2007.

 

 

As adições líquidas de Vivo, Tim e Oi nestes dois primeiros meses do ano foram de 2 a 4 vezes maiores que as apresentadas em igual período de 2007. As da Claro cresceram 18,5%.

 

 

Nos últimos 12 meses (Mar/07 a Fev/08) foram adicionados 22,9 milhões de celulares ao total de celulares do Brasil, projetando um crescimento para 2008 superior aos 20 milhões de adições líquidas estimadas pelo Teleco no início do ano (mais detalhes).

 

A Tim liderou o crescimento em Jan/08 mas não repetiu o mesmo desempenho em Fev/08. O crescimento muito superior às demais obtido em janeiro serviu para aumentar para 1,5 milhões a diferença que a separa da Claro. No entanto, é possível que não se repita nos próximos meses, devido à pressão para melhorar a rentabilidade que a Tim vem recebendo da Telecom Italia, segundo informações divulgadas na imprensa. Promoções de minutos mais baratos e o Tim Casa Flex (plano que combina fixo e celular) tem sido apontados como armas da Tim para este crescimento.

 

 

A Oi liderou o crescimento em Fev/08, apesar de estar presente apenas na Região I onde estão concentrados 49,3% dos celulares do Brasil. A Oi superou as demais em adições líquidas em 11 dos 16 estados da região I. Perdeu para a Vivo no Espírito Santo, Amazonas, Pará e Roraima. (mais detalhes)

 

Em algumas áreas locais (DDD) como 21 (Rio de Janeiro), 31 (Belo Horizonte), 71 (Salvador), 81 (Recife) e 85 (Fortaleza) a Oi obteve mais de 100% das adições líquidas, pois seus competidores tiveram crescimento negativo (mais detalhes).

 

Este quadro pouco se altera com a incorporação da Telemig pela Vivo e da Amazônia Celular pela Oi.

 

Com estes resultados, a Vivo (inclui Telemig) e a Claro perderam market share nos 2 primeiros meses do ano e a Tim e a Oi (inclui Amazônia) ganharam.

 

 

A Brasil Telecom apresentou um bom desempenho nos dois primeiros meses do ano atingindo um market share Brasil de 3,6% em Fev/08. Ela apresentou adições líquidas na Região II de 217 mil celulares tendo sido superada apenas pela Tim que apresentou adições líquidas de 264 mil celulares nesta região (mais detalhes).

 

Finalmente, a Tim liderou o crescimento do celular em São Paulo (Região III) em Jan-Fev/08 com adições líquidas de 336 mil celulares, contra 235 mil da Claro e -11 mil da Vivo. Esta vantagem foi obtida principalmente na região metropolitana de São Paulo (11) onde a Tim obteve 74% de suas adições líquidas no estado em Fev/08.

 

O lançamento da 3G em 6 capitais brasileiras ainda não está produzindo efeitos significativos no crescimento da Claro. Em Fev/08 a Claro só liderou o crescimento em 1 das áreas locais destas 6 capitais (Porto Alegre - 51). Em 4 delas teve crescimento negativo e em São Paulo (11) teve adições líquidas de 36 mil celulares contra 101 mil da Tim.

 

Diante deste quadro pergunta-se:

  • Qual será o crescimento do celular em 2008?
  • Quem será o líder em adições líquidas em 2008?
  • A Claro irá ultrapassar a Tim em 2008? A Tim pode ultrapassar a Vivo em 2008?
  • Como a entrada da Oi em São Paulo modificará este quadro?
  • Como a portabilidade numérica influenciará o market share?

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

Workshop

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Internet das Coisas
27 de Junho

Market Update

Regulamentação

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop Lei Geral das Telecomunicações: 20 anos

21 de julho

Organizador: FIESP

Painel Telebrasil 2017

19 e 20 de setembro

Organizador: Telebrasil

Mais Eventos




LIVROS

 

 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...