Seção: Comentários Teleco

06/07/2008


Quem vai liderar o crescimento do celular em 2008? Vivo ou Oi?

 

A competição no mercado de celular no Brasil se acirrou de tal forma, que está cada vez mais difícil apontar quem irá liderar o crescimento do celular no Brasil em 2008.

 

Até maio, Tim e Oi lideravam este crescimento com adições líquidas acumuladas no ano de 1,8 milhões de celulares, contra 1,4 milhões de Claro e Vivo (mais detalhes).

 

 

O mês de maio foi marcado por uma reviravolta, com a Vivo assumindo a liderança em adições líquidas acumuladas no ano (mais detalhes).

 

Mantidas as tendências destes primeiros 5 meses, Vivo e Oi aparecem como os favoritos para liderar o crescimento do celular em 2008.

 

A Vivo, reforçada pela aquisição da Telemig Celular, parece ter encontrado o caminho do crescimento em uma estratégia que combina promoções de aparelhos e serviços, principalmente em datas comemorativas como Dia das Mães e Natal. Ela pode ser superada em adições líquidas nos próximos meses e recuperar a liderança no Natal, a exemplo do que ocorreu em maio com o dia das Mães.

 

Já a Oi vem apresentando um crescimento consistente em sua área de atuação baseada em planos de minutos promocionais como o "Ligador". A entrada em operação em São Paulo no 2º semestre deste ano deve reforçar este crescimento mais que a entrada em operação da Vivo nos estados do Nordeste. Note-se que se a aquisição da BrT pela Oi já tivesse sido efetivada, a Oi estaria liderando com folga esta corrida.

 

A Tim, que começou o ano de forma agressiva, parece ter diminuído o ritmo nos últimos meses.

 

 

Já a Claro, que foi a líder em adições líquida em 2007, parece estar adotando uma estratégia menos agressiva em 2008.

 

No entanto, a disputa particular entre Tim e Claro pela 2ª colocação em market share pode levar a estas operadoras a acelerar o passo e superar as demais. A diferença entre Tim e Claro caiu para 1,1 milhão de celulares em Mai/08.

 

Se não existe um favorito na disputa de adições líquidas, o mesmo não se pode dizer em relação ao ganho de market share. A Oi foi a única, das 4 operadoras, a apresentar variação positiva no seu maket share em 2008.

 

 

% 2007 mai/08
∆ p.p.*
Vivo 30,90% 30,45%
-0,45
Tim 25,85% 25,60%
-0,25%
Claro 24,99% 24,75%
-0,24%
Oi 14,38% 15,09%
0,71%
* pontos percentuais

 

 

A Oi, por ter uma base de celulares menor que as demais, apresentou um crescimento de 13,2%, contra 6,3% da Vivo e 6,9% da Tim e da Claro.

 

A competição acirrada entre as operadoras tem impulsionado o crescimento do celular e vem superando mês a mês as adições líquidas de 2007.

 

 

As adições líquidas de 25,5 milhões, acumuladas nos últimos 12 meses até Mai/08, indicam que o crescimento do celular no Brasil pode superar novamente a projeção do Teleco de adições líquidas de 25 milhões de celulares em 2008.

 

Diante deste quadro pergunta-se:

  • Qual será o crescimento do celular em 2008?
  • Quem será o líder em adições líquidas em 2008?
  • A Claro irá superar a Tim?
  • Como a portabilidade numérica influenciará o market share? E a 3G?
  • As promoções baseadas em subsídios de aparelhos vão continuar?
  • O acirramento da competição pode comprometer a lucratividade das empresas?

Comente!

 

Para enviar um comentário clique em: teleco@teleco.com.br

 

Indique no email se autoriza a sua publicação.

 

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

Workshop

 

 

Loading

EVENTOS

Mais Eventos

 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...