Seção: Comentários Teleco

17/10/2008


A crise internacional afetará o crescimento recorde do celular em 2008?

 

 

O Brasil terminou Set/08 com 140,8 milhões de celulares. As adições líquidas no ano já somam 19,8 milhões de celulares, 28 milhões nos últimos 12 meses.

 

As adições líquidas de 2008 vem superando mês a mês as de 2007.

 

 

 

 

Como se pode observar, até Set/08 o ritmo de crescimento do celular no Brasil não foi impactado pela crise financeira internacional.

 

O crescimento recorde do celular em 2008 tem sido estimulado por um acirramento da competição entre as operadoras, provocada por uma postura mais ativa por parte de Oi e Vivo.

 

O mais provável é que a crise financeira não comprometa este crescimento no último trimestre de 2008. A entrada em operação da Oi em São Paulo e da Vivo no Nordeste deve acirrar ainda mais a competição no 4T08.

 

Segundo as projeções do Teleco, o Brasil deve terminar 2008 com mais de 150 milhões de celulares, estabelecendo um novo recorde de adições líquidas no ano.

 

o

 

A Claro é a operadora que vem liderando este crescimento com adições líquidas de 5,4 milhões de celulares no acumulado de Jan-Set/08.

 

 

o

 

 

A Claro assumiu esta liderança no 3T08 quando apresentou um crescimento em adições líquidas muito superior ao apresentado pelas demais operadoras.

 

Adições líquidas de celulares

 

Milhares
Jul/08
Ago/08
Set/08
3T08
Claro
608
1.012
936
2.556
Vivo
498
757
587
1.842
Oi
651
674
240
1.565
Tim
350
547
494
1.391
BrT
44
87
100
231

 

 

A Oi teve o seu desempenho prejudicado em Set/08, quando apresentou adições líquidas de 240 mil celulares, devido ao Norte do país, onde apresentou adições líquidas de -255 mil celulares. Trata-se provavelmente de uma limpeza na base da Amazônia Celular adquirida este ano pela Oi.

 

O crescimento do celular no Natal não deve ser comprometido pelo aumento da taxa de câmbio do US$ para patamares acima de R$ 2,00 e que poderia implicar em um aumento do preço dos telefones celulares, uma vez que os componentes são importados. Boa parte das encomendas já foram feitas e, caso isto ocorra, Vivo e Claro, que tem suas promoções baseadas na venda de aparelhos subsidiados, teriam de escolher entre aumentar o subsídio dos aparelhos ou perder competitividade em relação à Oi e Tim.

 

 

Diante deste quadro pergunta-se:

  • O Brasil vai terminar 2008 com quantos celulares?Qual será o crescimento no Natal?
  • A crise financeira internacional vai afetar o crescimento do celular no Brasil em 2008? E em 2009?
  • O aumento do US$ é bom para a indústria de telefones celulares?

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

Comentário de João Mattos

Creio que a venda de celulares possa sim cair em decorrência da crise mundial, não pelo fato, mas sim pela pânico que a mídia cria em cima disso tudo.

 

 

Workshop

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Market Update

04 de Abril

Regulamentação de Telecom

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop Teleco Market Update 2016

Organizador: Teleco
4 de abril

IoT BRASIL SUMMIT 2017

Organizador: Telesemana/Teleco
5 de abril

Mais Eventos

LIVROS

 




 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...