Seção: Comentários Teleco

28/12/2008


Balanço (antecipado) de 2008: Um grande ano para o setor

 

Fim do ano chegando, é hora de avaliações de resultados. Apresentamos a seguir uma análise antecipada de aspectos relevantes de 2008.

 

O ano de 2008 foi um grande ano para o setor de telecomunicações no Brasil. Em enquete realizada pelo Teleco 73% consideraram 2008 um ano ótimo/bom, contra 69% em 2007 e 43% em 2006.

 

Os principais serviços apresentaram crescimento (adições líquidas) superiores aos dos dois anos anteriores.

Nota: Os dados de 2008 são projeções do Teleco

 

 

O celular teve um crescimento recorde em 2008, superando 2007 em todos os meses entre janeiro e novembro.

 

O acirramento da competição entre as quatro maiores operadoras (Vivo, Claro, Tim e Oi) foi responsável por este crescimento:

  • A Vivo voltou a crescer com o GSM e consolidou sua liderança em market share com a aquisição da Telemig. Está completando sua cobertura nacional com a entrada em operação nos estados do Nordeste.
  • A Claro ultrapassou a Tim e assumiu a 2ª colocação em market share em Ago/08. Passou a ter também cobertura nacional com o início de suas operações na região Norte do país.
  • A Tim manteve-se na disputa durante o ano, embora tenha perdido terreno no 2º semestre de 2008.
  • A Oi cresceu fortemente o ano todo com a promoção de minutos a preços reduzidos da campanha do "Ligador". Este crescimento se acelerou em outubro com o início de suas operações em São Paulo.

Uma das consequências desta competição foi o aumento das promoções de minutos a preços reduzidos, ou grátis, que levaram a um aumento na utilização do celular no Brasil. Os minutos de uso médios mensais por usuário (MOU) passaram de 83 minutos no 3T07 para 96 minutos no 3T08.

 

Apesar deste cenário competitivo e do forte crescimento, as operadoras mantiveram as suas margens EBITDA em patamares superiores a 20%.

 

Na telefonia fixa o indicador de " acessos fixos em serviço" voltou a crescer, graças à ação das empresas autorizadas Embratel e GVT e à utilização de tecnologias Wireless e VoIP (mais detalhes). Estimulada por este crescimento e pela portabilidade numérica, a Tim decidiu entrar neste segmento com o Tim Fixo.

 

Na Banda Larga, a Net continuou crescendo mais que as demais operadoras e superou a Oi e a BrT em quantidade de acessos. A Telefonica colocou em operação sua rede de fibras ópticas na região dos jardins em São Paulo e em condomínios de alto poder aquisitivo. Os provedores de banda larga fixa já começam a sentir a competição da banda larga móvel com a 3G.

 

 

Destaques do ano

 

Afora o crescimento do celular, mereceram destaques no ano:

  • 3G. Ela chegou finalmente ao Brasil e já se tornou uma alternativa de acesso banda larga. A Claro saiu na frente e associou a sua marca à 3G. A Vivo acelerou a implantação do serviço nos últimos meses do ano e agora disputa com a Claro a liderança em quantidade de municípios cobertos (mais detalhes). Na esteira da 3G, merece também destaque a chegada do iPhone 3G ao Brasil.
  • A compra da BrT pela Oi mexeu com o cenário competitivo criando um grupo com condições de competir com a Telefonica e com a América Móvil/Telmex (mais detalhes). Anunciada em Abr/08 ela obteve a aprovação da Anatel em Dez/08. Uma consequência deste novo cenário foi a entrada da Oi no mercado de celular em São Paulo.
  • Portabilidade Numérica. Iniciada de forma gradual em Set/08 estava disponível para 38% da população em Dez/08. Os primeiros resultados mostram que ela pode ser uma arma importante para as empresas autorizadas de telefonia fixa.

Se estes foram os destaques, existiram também segmentos que marcaram passo em 2008, como a TV Digital, o Wimax e as mudanças na TV por assinatura que deveriam ter regulamentadas pelo PL 29.

 

Diante deste quadro pergunta-se:

  • O ano de 2008 foi bom para as telecomunicações no Brasil?
  • O que esperar de 2009?
  • A crise financeira irá afetar o setor de telecom no Brasil?
  • Como ficará o novo cenário competitivo em 2009?
  • A Anatel irá fazer a licitação de Wimax em 2009?
  • Qual será o impacto da implantação total da portabilidade numérica?

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

Workshop

 

 

Loading

EVENTOS

Mais Eventos

 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...