Seção: Comentários Teleco

 05/04/2009


A maior parte das adições brutas de celulares são clientes que trocaram de operadora

 

As operadoras de celular travam diariamente uma batalha pela conquista de novos clientes.

 

No entanto, ao mesmo tempo em que conquistam novos clientes (adições brutas de celulares), clientes abandonam a operadora (cancelamentos de celulares).

 

Para se obter as adições líquidas, que representam quanto efetivamente a sua base cresceu em um dado período, é preciso subtrair das adições brutas os cancelamentos.

 

 

Em 2008, as adições brutas das operadoras de celular no Brasil somaram 72,9 milhões de celulares e os cancelamentos 43,4 milhões. As adições líquidas, que neste caso representam os novos celulares adicionados à base de celulares do Brasil, foram de 29,5 milhões de celulares.

 

Ou seja, a maior parte das adições brutas de celulares conquistadas pelas operadoras veio de clientes de outras operadoras. Isto acontece desde 2006 quando as adições líquidas passaram a representar menos de 50% das adições brutas.

 

 

Nota: Relação Percentual entre Adições Líquidas e Adições Brutas.

 

O alto percentual de pré-pago (>80%) e os "chips" GSM contribuem para o alto churn (taxa de cancelamento) apresentado pelas operadoras de celular no Brasil. Nos Estados Unidos, por exemplo, o churn mensal das operadoras de celular é menor que 2%.

 

 

 

 

Operadoras
Celulares
2008
2007
2008
Adições Brutas (milhões)
Churn Anual
Adições Líquidas (milhões)
Vivo
37.385
44.945
19.225
31,2%
7.561
Claro
30.228
38.731
18.297
32,4%
8.503
Tim
31.268
36.416
17.400
39,2%
5.148
Oi
17.401
24.388
13.532
37,6%
6.989
BrT
4.263
5.605
4.471
73,4%
1.342
Brasil*
120.980
150.641
72.925
35,9%
29.661

*inclui CTBC e Sercomtel

 

Neste cenário cresce a importância da portabilidade numérica, apesar dela estar sendo ainda pouco utilizada por quem troca de operadora de celular. O Teleco estima que apenas 3,7% dos celulares que trocaram de operadora em Mar/09 portaram seus números, o que pode indicar que a maioria é de celulares pré pagos de baixo uso, para os quais a mudança de número não traz impacto algum.

 

Diante deste cenário pergunta-se:

  • Por que a perda de clientes (churn) das operadoras de celular no Brasil é alta?
  • As operadoras de celular no Brasil irão reduzir o churn em 2009?
  • Como diminuir o churn no Brasil?

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Market Update 2017

04 de Abril

Regulamentação de Telecom

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop Teleco Market Update 2017

Organizador: Teleco
4 de abril

IoT BRASIL SUMMIT 2017

Organizador: Telesemana/Teleco
5 de abril

Mais Eventos

LIVROS

 




 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...