Seção: Comentários Teleco

10/10/2009


Por que a Telefonica quer comprar a GVT?

 

A Telefonica lançou em 7/10/2009 uma oferta pública para adquirir pelo menos 51% das ações da GVT em leilão a ser realizado na Bovespa em 19/11/2009.

 

Trata-se de uma oferta hostil, não negociada com os controladores da GVT que haviam acertado a venda da empresa para a Vivendi a um preço de R$ 42,00 por ação (mais detalhes). O preço ofertado pela Telefonica é de R$48,00 por ação, o que representaria um investimento de cerca de R$ 6,5 bilhões.

 

A Telefonica pode fazer a oferta por que a GVT possuí apenas ações ordinárias (com direito a voto) e 65% das suas ações não está na mão dos controladores.

 

 

 

 

Apresenta-se a seguir um sumário das principais razões que levaram a Telefonica a lançar a oferta pública para adquirir a GVT:

  • Com a GVT a Telefonica passa a atuar mais fortemente fora do estado de São Paulo, se contrapondo à Oi. As operações da GVT, empresa espelho de telefonia fixa da região II com operações em algumas das principais regiões metropolitanas da região I (Rio de janeiro, Belo Horizonte e Salvador), estão em grande parte fora da Região III onde atua a Telefonica. Por esta razão, a Telefonica foi sempre considerada a candidata natural para adquirir a GVT.
  • Com este movimento a Telefonica dificulta a entrada de um competidor de porte (a Vivendi)no mercado brasileiro. A Vivendi pretendia utilizar a GVT como ponta de lança para uma atuação mais ampla no país (mais detalhes).
  • A GVT possui uma rede de banda larga moderna, que permite a oferta integrada de serviços. Dispõe ainda de uma rede de longa distância de fibra de mais de 11.000 Km, proveniente da aquisição da Geodex em 2007.

Caso a Vivendi não cubra a proposta da Telefonica, o que parece pouco provável, o Grupo Telefonica terá dado um passo importante para ampliar a sua área de atuação no Brasil consolidando sua posição de liderança em receita bruta entre os grupos que atuam no País.

 

Se com a compra da GVT a Telefonica equaciona a sua estratégia nas área de telefonia fixa e banda larga, resta a ela, ainda, definir de que forma a sua atuação na área de celular será integrada a estas operações. O compartilhamento do controle da Vivo com a Portugal Telecom tem que ser equacionado de forma a permitir esta integração.

 

A compra da GVT pode, ainda, atrair o interesse de outros investidores, como é o caso da Embratel (Telmex) que teria o benefício de ampliar sua penetração na Banda Larga e na Telefonia Fixa. Como o grupo de Carlos Slim está bem posicionado financeiramente, não seria uma surpresa seu interesse pela GVT.

 

Diante deste quadro pergunta-se:

  • Quem vai ficar com a GVT? Vivendi ou Telefonica?
  • E a Embratel (Telmex)? Irá entrar nesta disputa?
  • Como fica a posição da Vivendi se não comprar a GVT? Continuará interessada no mercado Brasileiro?
  • Como a Telefonica irá integrar suas operações fixas e móveis no Brasil? Através da Vivo? Adquirindo a Tim?

 

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

Comentário de Fabiano de Oliveira Reis

Tudo que irá acontecer se a Telefonica comprar a GVT e agregar sua má qualidade (telefonica) a excelente qualidade da GVT, por fim contamina-la com a podridão da administração Telefonica.

 

Se a Telmex adquiri-la sera um pouco menos tragico, mas pora fim aos serviços baratos da GVT. A Vivendi deveria cobrir a oferta, ou os acionistas GVT optarem a favor da Vivendi, ainda que embora a montante oferecido seja inferior.

 

 

Comentário de Avner Souza

Bem a GVT poderia continuar oferecendo seu serviço de excelente qualidade e competência que vem prestando, com a venda para Telefônica ela irá ganhar toda a reputação e qualidade de serviço oferecida pela operadora de São Paulo.

 

Não vejo isso como grande evolução para uma empresa que vem se destacando bem no mercado, mas para a paulista sera um ótimo negócio e um excelente investimento.

 

 

Comentário de Emerson Lima

Espero e tenho fé que a telefonica NUNCA consiga comprar estas ações e que os outros acionistas não caiam neste conto na bolsa. Disparado a pior operadora do país quer acabar com a melhor. Se consumar o fato, meus pêsames aos clientes GVT.

 

 

Comentário de Ravier Maldonado

É incrível como esses comentários de repúdio a compra da GVT pela Vivo sejam tão pouco embasados em possíveis traumas que possivelmente tenham passado.

 

O fato é, a compra da GVT só vem acontecer pq isso é uma realidade no mundo da telecom, a tecnologia que a GVT ultiliza é cobiçada por qualquer operadora hj que no cenário queira se tornar forte e rentável.

 

Comentários desse tipo não ajudam, não mudam a situação e alteram os fatos a realidade e que se precisa sempre melhorar e pra isso acontecer e preciso inovar ou se aliar. Pensem e reflitam antes de comentar...

 

 

Comentário de Gustavo Simão

COM CERTESA A TELEFONICA DIFICULTOU A ENTRADA DE QUALQUER UMA DESSAS OPERADORAS,COM ESSE VALOR SERA DIFICIL,MAS TUDO PODE ACONTECER.

 

MAS SE A TELEFONICA COMPRASSE A GVT TALVEZ FACILITARIA A NEGOCIAÇOES NO RAMO CORPORATIVO E PESSOA FISICA TAMBEM.

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Internet das Coisas
27 de Junho

Market Update

Regulamentação

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop de Internet das Coisas

Organizador: Teleco
27 de junho

Mais Eventos

LIVROS

 




 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...