Seção: Comentários Teleco

02/01/2010


O que acompanhar em 2010

 

 

 

O ano de 2009 foi um ano difícil para o setor de telecomunicações, mas 2010 começa em um ambiente otimista. Em enquete realizada pela Teleco 74% consideraram que 2010 vai ser melhor ou muito melhor que 2009.

 

O Teleco selecionou 10 tendências a serem acompanhadas em 2010, que são apresentadas a seguir:

  1. Banda Larga. Após muitos debates, o Brasil deve ganhar em 2010 um Plano Nacional de Banda Larga definindo metas e investimentos para acelerar a implantação de uma infraestrutura de banda larga no país. O Teleco promoveu em 2009 uma ampla discussão sobre o tema ( mais detalhes). Em debate também estará a decisão do Governo para o futuro da a Telebrás/Eletronet.
  2. Expansão da 3G/Banda Larga móvel. A Anatel irá realizar em 2009 a licitação da Banda H que pode colocar mais um competidor no mercado brasileiro de celular. A princípio, Nextel e Vivendi são as principais candidatas. Este é mais um fator para as operadoras acelerarem a ampliação de suas redes 3G no Brasil. Pode ainda ocorrer a esperada licitação de frequências de 3,5 GHz a serem utilizadas pelo WiMAX.
  3. Expansão das redes de Fibra Óptica. O crescimento da utilização da banda larga móvel, acompanhada do crescimento exponencial do tráfego, está congestionando o backhaul das operadoras e deixando claro a necessidade de conectar ERBs com fibra óptica. Este é estímulo importante para acelerar a construção de anéis ópticos nas cidades e redes de fibra até a resídência/vizinhança (FTTH).
  4. Operadores convergentes. O sucesso da Net com pacotes triple play (fixo, banda larga e TV por Assinatura) e dos planos da Oi Conta Total (internet, DDD, fixo e móvel), associado à convergência das redes fixas e móveis confirma a vantagem das operadoras que optarem por uma estratégia de convergência de rede e serviços.
  5. Liberalização da TV por Assinatura. O processo de convergência deve se acelerar com as mudanças na regulamentação da TV a cabo previstas no PL 29, que após aprovação pela Câmara dos Deputados foi encaminhado para o Senado.
  6. Consolidação das Operadoras. As compras da GVT pela Vivendi e da Intelig pela Tim em 2009 configuraram um novo quadro competitivo para 2010 onde poucos são os alvos para aquisição (como, por exemplo, Aeiou e Sercomtel), a menos que a Telecom Italia decida vender a Tim Brasil. A Embratel, com a aprovação do PL 29, poderá adquirir o controle acionário da Net e a Telefonica terá de resolver a questão acionária da Vivo para promover uma integração com a Telefonica.
  7. Mais de 100 celulares por 100 habitantes. O celular vai continuar crescendo e o Brasil deve terminar 2010 com uma densidade de mais de 100 cel/100 hab., juntando-se a Argentina, Chile, Venezuela e Uruguai, que já ultrapassaram esta marca. Com o amadurecimento do mercado, a maior parte dos novos clientes passam a vir de (ou são também) clientes de outras operadoras. O controle do churn passa a ser fundamental para o desempenho das operadoras: um exemplo foi o desempenho da Vivo no 2º semestre de 2009.
  8. Operadores Móveis Virtuais (MVNO). Com o celular ultrapassando uma densidade de 100 cel/100 hab., chegou a hora dos MVNOs deslancharem no Brasil, a exemplo do que ocorreu em outros países do mundo. A Anatel já colocou em consulta pública uma proposta de regulamentação.
  9. Crescimento dos Smartphones. O crescimento das redes 3G estimula a venda de smartphones que possibilitam uma melhor utilização dos serviços de valor adicionado como email e acesso à internet no celular. Pesquisa realizada pela Teleco mostra que o percentual dos usuários de celular que navegam na Internet sobe de 4% para 15% quando se consideram apenas os que possuem smartphones (Ver o Relatório MAVAM ). Os Smartphones representaram 15% dos telefones celulares vendidos no mundo no 3T09. O lançamento de novos modelos deve continuar em 2010 com uma predominância cada vez maior do Touchscreen.
  10. Crescimento da receita de dados das operadoras. A participação da receita de dados na receita bruta de serviços das operadoras de celular cresceu de 9,4% no 3T08 para 12,5% no 3T09. O crescimento deve continuar em 2010 impulsionado por receitas com navegação na Internet, principalmente através de modems, serviços de mensagem (SMS, email) e entretenimento (música, jogos, vídeo). Mundialmente, as receitas de dados (banda larga) têm sido também as que mais crescem nas operadoras fixas, compensando a queda nas receitas com serviços de voz.

Diante deste quadro pergunta-se:

  • O Brasil terá em 2010 um Plano Nacional de Banda Larga capaz de levar o país a superar o "gap" existente?
  • O Brasil terá um novo competidor no mercado de celular em 2010? Quem irá adquirir uma nova licença de 3G? As operadoras atuais irão aumentar a cobertura atual das redes de 3G?
  • Haverá um aumento na implantação das redes de Fibra Óptica, inclusive na oferta de FTTH?
  • Novas operadoras farão ofertas convergentes?
  • A licitação de WiMAX irá ocorrer em 2010?
  • O que vai acontecer com a Tim em 2010?
  • O Brasil vai ultrapassar a barreira dos 100 cel/100 hab. em 2010?
  • O MVNOs vão chegar ao Brasil em 2010? Quem serão os possíveis candidatos?
  • A TV Digital conseguirá superar os problemas de cobertura, programação e preço dos conversores em 2010 e aumentar a sua audiência?
  • Como será o aumento da receita de dados das operadoras em 2010?

 

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

Comentário de Luciano Simões Caetano

Minha opinião sobre o cenário 2010. Diante deste quadro pergunta-se:

 

O Brasil terá em 2010 um Plano Nacional de Banda Larga capaz de levar o país a superar o "gap" existente?

Superar o "gap" não mas marcar o início da nova onda nas telecomunicações e serviços de dados sim.

 

O Brasil terá um novo competidor no mercado de celular em 2010? Quem irá adquirir uma nova licença de 3G? As operadoras atuais irão aumentar a cobertura atual das redes de 3G?

Se realmente for liberado a licitação da banda H antes do 2° semestre teremos sim um 2010 promissor se não só especulação para 2011.

 

Forte candidato a Nextel para obter a licença da banda H acabou de receber um concorrente de peso com a aquisição da GVT, que diga-se se passagem tem concessão para operar em São Paulo, pela Vivendi que ainda não teve tempo de mostrar seu jogo no Brasil e está gerando uma incógnita se participa ou não da licitação.

 

Se as operadoras perderem o fôlego com o 3G o serviço ficará estagnado e vai contribuir para uma evolução lenta ao Plano Nacional de Banda Larga, prejudicando assim a evolução dos serviços promissores como e-commerce móvel.

 

Haverá um aumento na implantação das redes de Fibra Óptica, inclusive na oferta de FTTH?

Como uma bola de neve que se inicia no topo da montanha, a necessidade de uma infraestrutura robusta será necessária a curto prazo e quem avançar nessa meta terá prioridade e uma fatia considerável do mercado. (Será que a AES Telecom vai investir? Pode responder Reginaldo?)

 

Novas operadoras farão ofertas convergentes?

Se estiver falando da GVT pelo que indica ela irá chegar aqui em São Paulo ainda este ano.

 

A licitação de WiMAX irá ocorrer em 2010?

Venho sonhando com isso há muito tempo, creio que nossos amigos engenheiros de telecom devem ficar entusiasmado pois será uma inovação promissora e agregadora de muitos serviços tanto em telefonia como televisão e rádio. Particularmente penso que a licitação irá ocorrer depois do 2° semestre de 2010 ou 1° trimestre de 2011.

 

O que vai acontecer com a Tim em 2010?

Muita especulação pela venda da TIM a Telefonica/Vivo mas acho que ela continua com a TIM Itália pelo menos até o final de 2010.

 

O Brasil vai ultrapassar a barreira dos 100 cel/100 hab. em 2010?

Se não ultrapassou já está quase lá pois o número de celulares que vejo por ai é imensa. Agora vem a questão importante. Estão gerando receita para as operadoras ou só servem para tocar música e tirar fotos? Sem um 3G mais acessível a última coisa é usar o celular para sua real função.

 

O MVNOs vão chegar ao Brasil em 2010? Quem serão os possíveis candidatos?

Será um novo mercado e muito promissor mais ainda é cedo para tirar conclusões. Espero que nãoi vire um cartel como a telefonia fixa.

 

A TV Digital conseguirá superar os problemas de cobertura, programação e preço dos conversores em 2010 e aumentar a sua audiência?

A televisão brasileira está engessada há décadas com suas programações em decadência, porém a inclusão do serviço digital pode dispertar esse gigante adormecido. O problema não é o custo do conversor ou cobertura e sim perguntar "Vale a pena investir em um conversor digital ou uma televisão com conversor? O que isso irá acrescentar em matéria de entreternimento e informação? Vamos repensar melhor o que esperamos dessa evolução.

 

Como será o aumento da receita de dados das operadoras em 2010?

Resumindo meus comentário acima pegando tudo e jogando no liquidificador teremos uma oportunidade de ganhos significativos mas a falta de inovação não irá trazer um boom nas receitas de dados.

 

Vamos aguardar o Plano Nacional de Banda Larga.

 

 

Comentário de Francisco Lourenco da Silva Neto

O que todos usuários espera é que as operadoras, além de ampliarem suas redes 3G's, para desafogar a GSM é que aprendam que o cliente é a peça mais importante nesse quebra-cabeça chamado Telecomunicação, a rede GSM esta saturada, veja bem, a internet nesse sistema é péssimo, as operadora na maioria fica com rede ocupada e quem perde com isso tudo somos nós clientes.

 

 

Comentário de Breno Junio dos Santos

Prezados, vejo esta matéria com bons olhos e adiciono que com o crescimento do nosso país em ritmo moderado mas constante, teremos um cenário muito positivo para o mercado telecom em se tratando de receita e mercado.

 

Isso se dá devido a competitividade que estamos vivendo atualmente e não podemos deixar de lembrar que este ano temos eventos que aceleram os negócios, que é a Copa do Mundo e eleições presidenciais e além disso temos um acontecimento esportivo para 2014 que movimentará todo o país acelerando e melhorando nosso mercado.

 

A copa no Brasil vai trazer muitas oportunidades no mercado de uma forma geral e estamos no início de um ano que será chave para o crescimento e desenvolvimento do mercado para todos os setores pois os preparativos para receber a copa já começaram e nao podemos perder tempo.

 

O Brasil está com sua economia estável apesar da recessão não ter atingido nossa economia como atingiu a de outros países, estamos bem no cenário mundial e isso favorece a abertura de novos investimentos financeiros vindo de fora e também aquece o mercado interno.

 

Devemos aproveitar nosso momento para buscarmos a melhoria constante.

 

 

Comentário de Fellippe Navega Ripoll

Acredito que, com tantos serviços e recursos tecnológicos, em algum momento, a competição recairá no relacionamento. Creio no relacionamento como uma das principais ferramentas competitivas.

 

 

Comentário de Arnaldo de Carvalho Junior

A pergunta que se faz é: A Anatel irá resolver trabalhar, justamente em um ano de eleições e copa?

Porque tudo está parado nas mesas dos diretores da Anatel, que só enrolam pedindo vistas dos processos. Quinta licença 3G, licenças de 3.5GHz para WiMAX, MVNO, IPTV, etc, etc.

 

Mesmo nestes tempos pós-crise, o problema não é tecnologia que já está disponível, não é financeiro, pois há vários investidores querendo colocar a grana aqui, não é falta de cliente, pois há muito espaço para a banda larga crescer, já que ela ainda é <20% da rede fixa (que está estagnada a 10 anos em número de assinantes), <5% da rede móvel, e o 3G cobre apenas 700 das mais de 5000 cidades brasileiras.

 

O que falta é vontade política. Seria bom a ANATEL e o MINICOM (ou Casa Civil???) começar a trabalhar e liberar as amarras do mercado!

 

 

Workshop

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Market Update 2017

04 de Abril

Regulamentação de Telecom

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop Teleco Market Update 2017

Organizador: Teleco
4 de abril

IoT BRASIL SUMMIT 2017

Organizador: Telesemana/Teleco
5 de abril

Mais Eventos

LIVROS

 




 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...