Seção: Comentários Teleco

31/01/2010


O Smartphone está assumindo um papel chave nas vendas de telefones celulares

 

A crise financeira mundial afetou fortemente as vendas de telefones celulares em 2009. Foram vendidas (unit shipments) menos unidades que nos dois anos anteriores.

 

 

As vendas de telefones celulares no mundo começaram uma trajetória de queda no 4º trimestre de 2008 (4T08) e atingiram o nível mais baixo no 1T09. A recuperação veio nos demais trimestres do ano, mas em patamares próximos às vendas de 2007.

 

 

Samsung e LG foram as empresas que se saíram melhor neste período.

 

 

A Samsung manteve a trajetória de crescimento dos trimestres anteriores e aumentou o seu market share nas vendas mundiais de telefones celulares de 18,1% no 4T08 para 21,1% no 4T09. Trajetória semelhante foi seguida pela LG.

 

 

Market Share
4T08
4T09
Nokia
38,7%
39,0%
Samsung
18,1%
21,1%
LG
8,8%
10,4%
Sony Ericsson
8,3%
4,5%
Motorola
6,6%
3,7%

 

 

A Nokia manteve seu market share no período e Sony Ericsson e Motorola perderam espaço no mercado.

 

A trajetória de perda de market share da Motorola é anterior à crise. Ela era a 2ª colocada no 1T07 com vendas de 45 milhões de unidades e caiu para a 5ª colocação no 4T09 com 12 milhões de unidades.

 

Smartphones

 

Analisar apenas as vendas de telefones celulares não é, no entanto, suficiente para entender o que está acontecendo com este mercado, que passa por uma grande transformação com o crescimento da venda de smartphones.

 

Apesar de serem smartphones apenas 16% dos telefones celulares vendidos no mundo no 4T09, a participação na receita destes aparelhos é muito maior.

 

Na Nokia, os smartphones foram responsáveis por 47,6% da receita de telefones celulares no 4T09, apesar de representarem 16,4% das unidades vendidas. Um smartphone foi vendido pelo preço médio de 186 euros, enquanto que o preço médio dos demais telefones era de 40 euros.

 

Neste cenário passa a ser importante considerar a participação de outros "players" que só atuam no mercado de smartphones.

 

A Nokia é líder de mercado em smartphones com cerca de 39% de market share, mas enfrenta a concorrência da RIM com o Blackberry e da Apple com o iPhone (mais detalhes).

 

Apesar da Nokia ter vendido mais que o dobro da quantidade de iPhones a receita da Apple com a venda do iPhone e serviços associados é praticamente a mesma que a da Nokia neste segmento.

 

 

 

 

O aquecimento do mercado de smartphones acelera a tendência para estes dispositivos móveis superarem em alguns anos os PCs como principal forma de acesso à Internet. No 4T09 foram vendidos no mundo 90 milhões de PCs e 52 milhões de smartphones.

 

Este cenário levou o Google a investir no Android, novo sistema operacional para smartphones, e a lançar o seu próprio smartphone. A Nokia, por sua vez, decidiu disputar a "Internet móvel" com o portal Ovi e serviços de navegação (GPS) com acesso gratuíto para os usuários.

 

O sucesso da Apple com a venda de serviços para o IPhone com a sua loja de aplicações (Application Store) estimulou o lançamento de lojas semelhantes por parte de fabricantes e operadores.

 

Diante deste quadro pergunta-se:

  • As vendas mundiais de telefones celulares em 2010 irão superar as de 2008?
  • A receita da venda de smartphones irá superar a proveniente da venda dos outros tipos de telefones celulares?
  • A Nokia continuará na liderança do mercado de smartphones?

 

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

Loading

EVENTOS

Mais Eventos

 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...