Seção: Comentários Teleco

 24/04/2010


Market share no país do pós-pago: Oi perde a liderança na região I e a Claro em São Paulo

 

O Brasil terminou o 1º trimestre de 2010 com 31,4 milhões de celulares pós-pagos. Um mercado maior que o da Austrália e Canadá (22 milhões) e Portugal ( 16 milhões).

 

Ao contrário do que aconteceu em 2009, no 1T10 o pós-pago apresentou um crescimento (3,4%) maior que o do pré-pago (2,9%). Contribuíram para este desempenho a recuperação da economia após a crise e o crescimento da utilização de modems 3G para banda larga móvel.

 

A Vivo é a líder em market share de pós-pago no Brasil, com um terço dos celulares.

 

Fonte: Anatel

 

A receita da Vivo para ampliar o seu market share (mais detalhes) parece estar funcionando também no pós-pago. No 1T10 a Vivo ganhou market share em pós-pago aumentando a distância que a separa da segunda colocada. Claro, Tim e Oi perderam market share.

 

A situação não é diferente quando se consideram as regiões do país.

 

Na região I a Vivo ultrapassou a Oi e assumiu a liderança em market share de pós-pago no 1T10.

 

 

 

Região I

43,7% dos pós-pagos do Brasil

 

 

Da msma forma, a Vivo ultrapassou a Claro em São Paulo (região III) e assumiu a liderança em market share de pós-pago no 1T10.

 

 

 

Região III

29,1% dos pós-pagos do Brasil

 

 

 

 

Na região II, onde já era a líder, a Vivo ampliou a sua liderança em market share de pós-pago, enquanto as demais perderam.

 

 

 

Região II

27,2% dos pós-pagos do Brasil

 

 

 

O pós-pago apresenta um ARPU mais alto que o pré-pago e tem um churn mais baixo, mesmo considerando que parte do pós-pago é de planos controle. O pós-pago abriga também a maior parte dos planos corporativos. O custo de aquisição do pós-pago, no entanto, é mais alto que o do pré-pago.

 

Diante deste cenário pergunta-se:

  • A participação do pós-pago no total de celulares irá se estabilizar em 2010?
  • A Vivo vai continuar ampliando o seu market share no pós-pago?

  • Qual será a reação das outras operadoras?

  • A adoção de MVNOs influenciará o market share de pós-pagos? Como?

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

Comentário de Gilberto Almeida

Está na hora das outras começarem a baixar os preços das ligações, melhorar atendimento e sinal!

 

 

Comentário de Alexandre Santana

Com certeza a Oi vai continuar perdendo muitos clientes enquando seus dirigentes não acordarem que não adianta oferecer ótimas promoções para seus clientes e depois diminuí-las, querendo que o cliente continue.

 

Um exemplo disso é no estado de MG, onde a Oi oferecia um bônus de 20 reais diários e agora o bônus é só de 5 reais. Qual cliente continua com a operadora que diminui com os benefícios do cliente? Nenhum.

 

 

Comentário de Marcus Paim

A Vivo tem como ampliar muito o seu mercado de pós, pois vem utilizando como parte da sua estratégia a divulgação de diversas ações com foco na venda do modem em todos os canais da empresa. Também é a única a oferecer esse serviço para todas as Redes de Varejos - Ex: Ponto Frio, C&A, Casas Bahia, etc.

 

 

Comentário de Ademar Pereira dos Santos

Só falta a Vivo funcionar na mesma frequência das outras operadoras no Centro Oeste, em especial em Goiás, pra ficar ainda melhor e aumentar os clientes.

 

 

Comentário de Daniel Antoniazzi

A Claro demorou para perder seus clientes em SP. Principalmente quando demorou para ter uma promoção mais agressiva como a que tem hoje. Outro problema da Claro é que os clientes pré-pagos têm mais benefícios que os clientes pós-pagos. Um exemplo disso é que os "bônus" oferecidos nos planos pós-pagos só são utilizados após o consumo da franquia. No pré-pago é ao contrário.

 

A Claro está demorando para oferecer aos clientes Super Controle a opção de contratar pacotes de internet. Qual é a dificuldade? Isto iria aumentar a receita e uma maior participação no mercado. Como exemplo, a TIM oferece para pré-pagos 40Mb para uso no celular para os pré-pagos por R$2,90.

 

 

Comentário de Eduardo Osti

Na minha opinião a Oi deveria comprar a Tim que não anda muito bem das pernas no Brasil.

 

 

Comentário de Alex José de Lima

Como vendedor da operadora Vivo, fico feliz cada dia que olho e vejo como a empresa que trabalho está se destacando!

 

 

Comentário de Cleber Jacobucci

Acontece uma pequena distorção nestes cenários.

 

A Oi agora está com uma campanha muito agressiva para vender o plano controle chamado "sem fatura", que eles vendem como se fosse uma "recarga programada" com desconto em cartão de crédito. A questão é que estes planos são registrados como pré-pagos na Anatel.

 

Como o próprio Teleco alerta, os números do pós incluem os planos Controle. A Oi portanto não tem adicionado novos clientes Controle e esta diferença pode explicar, em parte, a perda de clientes em relação às concorrentes.

 

Já em São Paulo, onde a Oi tem pouca presença, a queda da Claro se deve em parte à postura da própria operadora, que simplesmente passa em branco em São Paulo, sem nenhuma promoção para captar mercado pós e com o péssimo costume de esnobar clientes tão característico da prestadora mexicana.

 

 

Comentário de Fellippe Navega Ripoll

Com o advento de MVNOs no Brasil, acredito que, num primeiro momento, o market share de pós-pagos diminuirá por causa da novidade que é ter outras operadoras como opção. No entanto, a longo prazo, o que determinará a liderança sérá a qualidade do serviço prestado.

 

 

Comentário de Walter Miro

Tenho Oi e Tim, até dia 30 abril estava com a Oi. Mas a nova promoção é pra não se ficar com a Oi, tem que pagar 10 reais pra entrar promoção e se quiser falar com Oi do Brasil, mandar torpedo e fixo, tem que colocar 25 reais todo mês, isso em um pré pago, é pedir pra seus clintes mudarem de operadora.

 

 

Comentário de Wagner Martins

Sou cliente Vivo por anos e essas pesquisas só me fazem ficar cada vez mais satisfeito com a operadora que escolhi. É de fato a opedora q mais cresce e merecidamente. Vc pode viajar tranquilo, com a certeza de que o seu Vivo vai funcionar e essa tranquilidade já me basta.

 

Parabéns a Vivo e q ela possa continuar cumprindo suas metas e aumentando os seus cientes e se manter sempre no seu lugar de líder.

 

 

Comentário de Fernando Degli Esposti

Estes números só vem comprovar que o melhor atendimento e cobertura ainda são da Vivo. E mais, com as novas promoções ela vem deixando de ter aquela antiga imagem de tarifas altas. Os maiores benefeciados somos nós consumidores!

 

 

Comentário de Alceu Ferreira

A TIM com o plano Liberty vai revolucionar a telefonia celular no Brasil. Pois, com isso o baixo custo das ligacões e roming do seus clientes será o melhor do Brasil. Só falta mais investimento na 3G e cobertura em todos os municípios do país.

 

 

Comentário de Marcelo Amancio

Falando das operadoras, eu tenho negociações com as quatro operadoras. E hoje eu posso falar que para mim a Tim está com as melhores propostas de tarifas, vou dar um exemplo com o produto Tim fixo que na verdade e um móvel já que eu tenho usado o meu fixo em toda area de cobertura do meu DDD.

 

A Claro tem demostrado um desrespeito com os seus clientes, como é sabido por todos ela não está preocupada em atender a necessidade de seus clientes e parceiros. A Vivo essa tem boa qualidade mas também poderia oferecer planos diferenciados. A Oi essa em São Paulo até quis ser uma empresa diferenciada com planos diferenciados, mas falta credibilidade na marca.

 

A Tim, mesmo com tantas promoções e planos agressivos parece não cair no gosto do público, acredito que usar os caras azuis não está gerando o resultado esperado.

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Internet das Coisas
27 de Junho

Market Update

Regulamentação

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop Lei Geral das Telecomunicações: 20 anos

21 de julho

Organizador: FIESP

Painel Telebrasil 2017

19 e 20 de setembro

Organizador: Telebrasil

Mais Eventos




LIVROS

 

 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...