Seção: Comentários Teleco

 01/05/2010


O foco em rentabilidade do Grupo formado pela Claro, Embratel e Net

 

 

O grupo formado pela Claro, Embratel e Net focou nos últimos 12 meses na melhoria da sua rentabilidade.

 

Neste período, o EBITDA do Grupo cresceu 23,9%, enquanto a receita líquida cresceu 6,8%.

 

 

 

 

Como consequência, a margem EBITDA do grupo subiu de 26,2% no 1T09 para 30,4% no 1T10.

 

O grupo obteve no 1º Trimestre de 2010 (1T10) uma receita líquida de R$ 6,8 bilhões e um EBITDA de R$ 2,1 bilhões.

 

Fonte: Operadoras.

 

A Claro respondeu pela maior parte da receita (40,9%) e do EBITDA (42,6%). Apresentou também a maior margem EBITDA do Grupo com 31,7%, contra 29,6% da Embratel e 29,3% da Net.

 

A melhoria da rentabilidade na Claro veio acompanhada por um crescimento menor do que em 2007 e em 2008, quando liderou o crescimento do celular no Brasil em adições líquidas. Em 2009 e no 1T10 ela ficou em 3º lugar.

 

O Grupo terminou o 1T10 com 59,5 milhões de acessos, sendo 77% celulares da Claro.

 

 

Acessos (milhões)
1T10
∆Ano
Celulares
45,6
15%
Fixo e Banda Larga Fixa
9,7
17%
TV por Assinatura
4,2
25%
Grupo
59,5
16,0%

 

 

O crescimento maior aconteceu na TV por Assinatura graças à entrada da Embratel no DTH conquistando 410 mil novos acessos no período de um ano. Os acessos de TV por Assinatura da Net cresceram 12,8% neste período.

 

Em telefonia fixa e banda larga aconteceu o contrário. Enquanto os acessos da Embratel cresceram 6,3% o Net Fone cresceu 29,3% e os acessos banda larga da Net 21,9%.

 

A sinergia entre a Embratel e a Net está aumentando. A Embratel detém 37,9% das ações ON (com direito a voto) da Net. As mudanças na legislação propostas no PL 29, em tramitação no Congresso, viabilizarão uma possível fusão das duas empresas.

 

Já para a criação de uma empresa integrada de telefonia fixa e celular, com a fusão da Claro com a Embratel, não existem impedimentos legais. A decisão do empresário Carlos Slim de promover a incorporação da Telmex Internacional (controladora da Embratel) pela América Móvil (controladora da Claro) pode acelerar este processo.

 

 

A receita da América Móvil cresceu 9,8% na comparação do 1T10 com o 1T09 e o EBITDA 12,4%. Sua margem EBITDA atingiu 42,8% no 1T10.

 

Diante deste cenário pergunta-se:

  • A Claro vai continuar focando em rentabilidade nos próximos trimestres do ano?
  • A fusão da Claro com a Embratel será anunciada este ano?

  • O Grupo vai adquirir outras empresas? Quais?

  • Qual a estratégia de MVNO do Grupo?

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

Comentário de Fabiano Ramone

Interessante o progresso da Claro com a Eembratel e a Net..... O que falta ainda eh a Claro baixar os valores dos minutos em seus planos.

 

Muitos usuários de telefonia móvel tem uma grande simpatia pela Claro, porém, não são clientes Claro pq a empresa não oferece planos populares. Um dia eles chegam lah. Obrigado!!!

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Internet das Coisas
27 de Junho

Market Update

Regulamentação

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop de Internet das Coisas

Organizador: Teleco
27 de junho

Mais Eventos

LIVROS

 




 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...