Seção: Comentários Teleco

17/10/10


O Brasil já tem mais de 100 cel/100 hab.?

 

Segundo dados preliminares da Anatel, o Brasil terminou o mês de setembro de 2010 com 191,5 milhões de celulares e uma densidade de 98,98 cel/100 hab. Faltam 2,1 milhões de celulares para o Brasil superar a marca de 100 cel/100 hab. o que deve ocorrer em outubro ou mais tardar em novembro deste ano, como havia sido previsto pelo Teleco (mais detalhes). As adições líquidas de Out/09 foram de 2,0 milhões de celulares.

 

 

 

Na prática, já se pode dizer que o Brasil ultrapassou esta barreira. Se a Anatel incluísse no total de celulares os 2,9 milhões de acessos da Nextel a densidade em Set/10 seria 100,5 cel/100 hab. O Brasil é o único país que não inclui os acessos móveis da Nextel no seu total de celulares, por tratá-lo como Serviço Móvel Especializado - SME (Trunking) e não como Serviço Móvel Pessoal - SMP.

 

Em Ago/10, 65,5% dos celulares do Brasil estavam em áreas locais (DDD) com densidade maior que 100 cel/100 hab., onde vive 56% da população brasileira.

 

 

 

 

 

 

O que acontece quando um país ultrapassa esta marca? Para de crescer?

 

 

A resposta é não, como se pode observar pelo total de adições líquidas na Europa que ultrapassou esta barreira no início de 2007, ano em que apresentou um aumento expressivo em suas adições líquidas. O crescimento menor em 2009 foi muito mais influenciado pela crise financeira global do que pela alta densidade dos países da Europa.

 

 

 

 

 

 

 

 

As projeções do Teleco indicam que o Brasil deve terminar 2010 com adições líquidas de 26 milhões de celulares, valor superior aos 23 milhões de 2009. As adições líquidas mensais em 2010 foram maiores que a do mês correspondente em 2009 em 6 dos 9 meses até Set/10.

 

 

 

Se a quantidade de celulares continua crescendo ao se ultrapassar a marca de 100 cel/100 hab., o mesmo não acontece com a receita. A competição e a posse de mais de 1 chip por usuário levam à queda no ARPU de voz e um crescimento da base de celulares passa a representar cada vez mais um incremento significativo da receita. A maturidade do mercado exige que as operadoras incrementem a oferta de novos serviços investindo no aumento da sua receita de dados e serviços de valor adicionado.

 

Diante deste quadro pergunta-se:

  • O que muda no mercado brasileiro de celular com o mercado atingindo a maturidade?
  • Como a introdução de um novo competidor com o leilão da Banda H para 3G pode influenciar este cenário?
  • E os MVNOs?
  • O que esperar da oferta de telefones celulares?
  • E de dispositivos 3G?

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

Comentário de Rogerio Pires

Acredito que com o Brasil atingindo 100 cel/ 100 hab. o que fará o diferencial será a qualidade, tanto em rede quanto em atendimento. Não adianta ter preço baixo se a rede não suporta o fluxo.

 

Neste caso, acredito que o melhor "case" do momento é a TIM, que lançou uma nova forma de tarifação, aproveitando de fato a cinergia com a recem adquirida Intelig. Coisa que a OI/BrT poderia ter feito e não fez; o mesmo se repete com a Claro e a Embratel, que não fizeram nada neste sentido.

 

Quanto as possíveis MVNOs, acredito que não serão realidade a curto nem a médio prazo, simplesmente porque as redes de celulares não aguentariam, sem contar que a legislação ainda é bem complicada e não fornece garantia alguma ao investidor deste modelo.

 

Com relação a um novo entrante na Banda H, bem o novo entrante dever á ter muita, mas muita bala na agulha a meu ver! Entrar para ser só mais um, não adianta; tem que ter um diferencial e cobertura. Se for para cobrir somente as capitais, nem precisa, pois isso, todas as demais já fazem.

 

 

Workshop Celular Market Update

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Internet das Coisas
27 de Junho

Market Update

Regulamentação

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop Lei Geral das Telecomunicações: 20 anos

21 de julho

Organizador: FIESP

Painel Telebrasil 2017

19 e 20 de setembro

Organizador: Telebrasil

Mais Eventos




LIVROS

 

 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...