Seção: Comentários Teleco

06/02/2011


Os smartphones foram o principal driver para o crescimento das vendas de celulares no mundo em 2010

 

As vendas mundiais de telefones celulares cresceram 17% em 2010, recuperando-se do crescimento negativo (-2,8%) de 2009, ano da crise financeira global.

 

 

As vendas de Smartphones foram as responsáveis por boa parte deste crescimento. Elas cresceram 69% em 2010, enquanto as dos demais telefones celulares cresceram 7,9%. Eram Smartphones 22% dos telefones celulares vendidos em 2010 (34% no 4T10).

 

 

 

 

No Brasil, o Teleco estima que a venda de telefones celulares cresceu 12,4% em 2010. A produção se manteve estável devido à queda de 20,3% nas exportações. As importações cresceram 75,8%, estimuladas pelas vendas de Smartphones.

 

O quadro de fornecedores de telefones celulares apresentou significativas modificações nos últimos 5 anos.

 

 

 

 

A Nokia se manteve na liderança, mas a Motorola e a Sony Ericsson que ocupavam a 2ª e 4ª posição respectivamente em 2007 caíram para 8ª e 7ª posição em 2010. A Samsung apresentou um crescimento expressivo neste período consolidando-se na 2ª colocação. A ZTE apresentou um crescimento de 94% nas vendas em 2010 e deve se aproximar da LG (3ª colocada em 2011).

 

A posição destes fornecedores muda quando se considera apenas as vendas de Smartphones.

 

 

 

 

A Nokia manteve a liderança em vendas de Smartphones em 2010, mas está sendo fortemente ameaçada. O seu market share caiu de 38% no 4T09 para 30% no 4T10.

 

A Nokia não consegue penetrar nos Estados Unidos, onde RIM (Blackberry) e Apple dominam, e ainda não conseguiu implementar uma estratégia sólida de evolução dos Sistemas Operacionais usados em seus Smartphones.

 

No 4T10, as vendas de Smartphones com Android superaram as vendas com o Symbiam, sistema operacional utilizado pela Nokia em seus Smartphones.

 

 

A Nokia pretende continuar utilizando o Symbiam em seus Smartphones de menor capacidade computacional e utilizar o Meego, sistema operacional baseado no Linux desenvolvido em parceria com a Intel, em seus Smartphones de maior porte. Esta estratégia pode ser revista, diante do avanço dos competidores e levar a Nokia a adotar o Windows Mobile da Microsoft para se contrapor ao Android, Apple e RIM.

 

A importância do mercado de Smartphones para a Nokia fica clara quando se observa que no 4T10 sua receita com Smartphones (4,4 bihões de euros) foi maior do que com os demais tipos de telefones celulares (4,1 bilhões).

 

Este cenário tende a se tornar ainda mais complexo com o crescimento da venda de tablets cujas vendas foram de 9,7 milhões de unidades no 4T10, sendo 7,3 milhões da Apple (IPAD) e 2,1 milhões da Samsung.

 

 

Diante deste cenário pergunta-se:

  • As vendas de telefones celulares vão continuar crescendo em 2011?
  • Quando os Smartphones representarão mais de 50% das vendas de telefones celulares?
  • A Nokia irá perder a liderança em vendas de Smartphones?

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Internet das Coisas
27 de Junho

Market Update

Regulamentação

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop de Internet das Coisas

Organizador: Teleco
27 de junho

Mais Eventos

LIVROS

 




 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...