Seção: Comentários Teleco

04/06/2011


Preço médio do minuto do celular no Brasil caiu 41% em 2 anos

 

 

A competição entre as quatro principais operadoras de celular do Brasil levou a uma queda de 40,8% no preço médio do minuto nos últimos 2 anos. Caiu de R$ 0,34 no 3T09 para R$ 0,20 no 3T11.

 

 

 

Nota: Preço médio do minuto em R$ com impostos calculado dividindo-se o ARPU de voz pelo MOU. Difere do ARPM (average revenue per minute) que não inclui impostos.

 

O plano INFINITY da TIM, com o preço de R$ 0,25 para chamadas locais ou de longa distância entre celulares da operadora, foi o principal impulsionador deste processo. O sucesso obtido pela TIM, que se tornou a líder em minutos de longa distância, ultrapassou a Claro em market share de celulares e lidera o crescimento do celular em 2011, fez com que as demais operadoras lançassem ofertas semelhantes.

 

Planos Pré-pagos

 

Operadora
Plano
On-net

Outras operadoras

(por minuto)

Para Fixo
TIM
Infinity
R$ 0,25
por chamada
R$ 1,39
R$ 0,50
por chamada
Claro
Fala mais Brasil
R$ 0,21
por chamada
R$ 1,12
R$ 0,50
por chamada
VIVO
Sempre
R$ 0,05
por minuto
R$ 1,42
R$ 0,10
por minuto

Nota: A Oi possui oferta de bônus em minutos que se utilizados fazem com que o preço do minuto On-net caia a níveis semelhantes aos das demais operadoras

 

No pós-pago a TIM inovou também com o plano Liberty de minutos ilimitados estabelecendo uma tendência que está sendo seguida por Vivo e Claro.

 

Como consequência os minutos de uso mensais de celular no Brasil cresceram 38,4% em 2 anos atingindo 122 minutos no 3T11.

 

Nota: A Oi não divulga.

 

Estes planos estão contribuindo para o abandono dos TUP (orelhões) como opção para fazer chamadas. A receita bruta média por TUP da Oi caiu de R$ 92,0 no 3T09 para R$ 22,0 no 3T11 (-76% em dois anos).

 

A queda no preço médio por minuto do celular se traduziu em uma queda de 9% no ARPU do celular do Brasil, que foi R$ 24,0 no 3T09 para R$ 21,8 no 3T11.

 

 

A queda só não foi maior devido ao crescimento do ARPU de dados, principalmente da Vivo, onde o ARPU de dados representou 23,4% do ARPU total no 3T11.

 

TIM e Claro sentiram mais fortemente no ARPU a queda de preços no minuto de voz. Estas operadoras estão procurando aumentar a sua receita de dados com planos de R$ 0,50 por dia para SMS ou Internet.

 

A estabilidade do ARPU da Oi pode ser em parte atribuída pela menor agressividade da oferta da operadora que menos cresceu nestes dois anos.

 

 

 

 

 

Apesar da queda no preço médio do minuto do celular no Brasil e da "morte da distância" com as chamadas de longa distância tendo o mesmo preço das chamadas locais, a comunicação de voz no Brasil continua ocorrendo em tribos.

 

 

 

 

 

Os preços de chamadas para celulares da mesma operadora e entre telefones fixos é muito menor que o para celulares de outras operadoras. Apesar de ser um fator positivo, a queda gradual dos valores de interconexão pagas às operadoras de celular (VUM) não deve diminuir substancialmente esta diferença. A VUM deve cair do valor médio atual de R$ 0,427 para R$ 0,312 em 2014.

 

As promoções para chamadas "On-net" das operadoras de celular tem por objetivo criar uma comunidade de usuários, que falam entre si por um preço mais barato, estimulando a posse de um "chip" da operadora. O usuário que participa de várias comunidades acaba tendo que possuir mais de um chip o que explica em parte o crescimento recorde do celular no Brasil em 2011.

 

 

Diante deste cenário pergunta-se:

  • O preço médio do minuto de celular vai continuar caindo em 2012?
  • O preço das chamadas entre celulares de operadoras diferentes irá cair?
  • Dados superarão a voz como o principal motivo para escolher uma operadora de celular?
  • O preço do minuto de voz na rede celular tende ao preço do minuto na rede fixa?

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Regulamentação
28/Novembro

Market Update

Internet das Coisas

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Mais Eventos




LIVROS

 

 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...