Seção: Comentários Teleco

04/08/2012


Vivo lidera em cinco e TIM em um indicador no 2T12

 

A Vivo liderou no 2º trimestre de 2012 (2T12) em cinco dos sete indicadores do celular acompanhados pelo Teleco. A TIM liderou em crescimento.

 

 

PUBLICIDADE

 

 

 

Indicador Líder no
4T11 1T12 2T12
Celulares Market Share Vivo Vivo Vivo
Crescimento Adições Líquidas TIM Vivo TIM
Receita Receita Líquida Vivo Vivo Vivo
Receita p/ Cliente ARPU Vivo Vivo Vivo
Rentabilidade Margem EBITDA Vivo Vivo Vivo
Qualidade Metas da Anatel TIM Vivo ?
Cobertura População Atendida Vivo Vivo Vivo

Nota: A ordem não reflete a importância dos indicadores. CTBC e Sercomtel não foram incluídas na análise.

 

O indicador de qualidade não pode ser avaliado, pois a Anatel suspendeu em abril a divulgação dos índices de atendimento de metas de qualidade pelas operadoras.

 

O Teleco acompanha desde 2007 o desempenho das operadoras de celular no Brasil medido através destes sete indicadores.

 

Apresenta-se a seguir os resultados para cada um destes indicadores no 2T12.

 

 

Market Share: Vivo lidera e ganha market share no trimestre.

 

A Vivo, maior operadora de celular do Brasil, terminou o 2T12 com 75,7 milhões de celulares e market share de 29,56%.

 

 

 

A Vivo foi a única das quatro principais operadoras a perder market share no trimestre.

 

- Market Share Variação do Market Share
(pontos percentuais)
1T11
2T11
3T11
4T11
1T12
2T12
p.p. (TRI) p.p. (1T12/4T11)
Vivo
29,48%
29,47%
29,49%
29,54%
29,81%
29,56%
-0,25
0,02
TIM
25,11%
25,55%
26,04%
26,46%
26,80%
26,89%
0,09
0,43
Claro
25,39%
25,55%
25,30%
24,93%
24,56%
24,58%
0,02
-0,35
Oi
19,69%
19,10%
18,84%
18,78%
18,53%
18,65%
0,12
-0,13

Vivo e TIM ganharam market share no ano, Claro e Oi perderam.

A Vivo é a líder em market share nas 3 regiões, em 12 das 27 unidades da federação e em 30 das 67 áreas locais (DDD).

 

- Líder em Market Share em 2011
Região
UF*
áreas locais (DDD)
Vivo I, II e III 12 (-1) 30(+1-1)
Claro - 7 (+1) 15 (+1-1)
Tim - 5(+2-1) 16 (+1-1)
Oi - 3 (-1) 6

* Unidade da Federação

No 2T12 ocorreram as seguintes modificações nos líderes em market share por UF e área local:

 

Área
Perdeu a liderança
Ganhou a liderança
Pará Vivo TIM
Alagoas = área 82 TIM Claro
Ceará Oi TIM
11(São Paulo/SP) Vivo TIM
64 (Rio Verde/GO) Claro Vivo

A TIM assumiu a liderança em market share de pré-pago superando a Vivo, que perdeu market share neste segmento no trimestre.

 

 

 

Pré-pago
1T11
2T11
3T11
4T11
1T12
2T12
Vivo
28,2%
28,0%
27,8%
28,0%
28,3%
28,0%
TIM
26,1%
26,7%
27,2%
27,6%
28,1%
28,1%
Claro
24,6%
24,7%
24,5%
24,1%
23,7%
24,0%
Oi
20,9%
20,3%
20,2%
20,1%
19,6%
19,6%

 

Vivo, TIM e Oi ganharam market share no pós-pago.

 

 

 

 

Pós-pago
1T11
2T11
3T11
4T11
1T12
2T12
Vivo
35,5%
36,1%
36,8%
36,6%
36,5%
36,6%
Claro
29,1%
29,3%
28,9%
28,8%
28,2%
27,0%
TIM
20,5%
20,3%
20,7%
21,1%
21,2%
21,3%
Oi
14,2%
13,7%
12,9%
13,0%
13,6%
14,5%

 

A Claro perdeu 1,2 pontos percentuais de maket share de pré-pago no 2T12.

 

 

Crescimento: TIM lidera em adições líquidas no trimestre

 

 

A TIM liderou o crescimento no trimestre, apesar de ter apresentado adições líquidas (1,7 milhões) bem menores que a dos trimestres anteriores.

 

-
Adições Líquidas (milhares)
1T11
2T11
3T11
4T11
1T12
2T12
TIM
1.821
2.676
3.685
4.873
3.134
1.656
Vivo
1.769
1.988
2.989
4.515
3.230
936
Claro
1.800
2.096
1.979
2.866
1.217
1.370
Oi
2.170
67
1.332
1.642
986
1.302

 

Apesar de ter liderado no total de celulares, a TIM foi a segunda colocada em adições líquidas de pré-pago e a terceira em adições líquidas de pós-pago.

 

 

 

 

A Claro liderou no pré-pago, mas apresentou adições líquidas negativas no pós-pago.

 

A Oi liderou no pós-pago, superando a Vivo.

 

A queda nas adições líquidas da Vivo ocorreu no pré-pago, segmento em que a operadora promoveu uma limpeza de base após ter sido ultrapassada pela TIM.

 

 

 

 

Receita líquida: Vivo mantém a vantagem em relação às demais operadoras

 

 

Nota: Oi só divulga receita para celulares no mercado de varejo (mobilidade pessoal).. Receita da Claro sem eliminação de receitas comuns com Embratel, não inclui longa distância.

 

A Vivo se manteve na liderança com uma receita de R$ 5,1 bilhões no 2T12 e crescimento de 0,4% na comparação com o 1T12.

 

R$ Bilhões 1T11 2T11 3T11 4T11 1T12 2T12 Cresc. tri Cresc.
1T12/1T11
Vivo 4.671 4.732 4.923 5.261 5.106 5.128
0,4%
8,4%
TIM
3.501
3.983
4.114
4.431
4.187
4.270
1,9%
7,2%
Claro 3.092 3.060 3.138 3.235 3.255 3.137
-3,6%
2,5%
Oi Varejo
1.703
1.896
1.947
2.062
2.106
2.228
5,9%
17,5%

Nota: não inclui a receita dos celulares da Oi no mercado corporativo. Receita da Claro sem eliminação de receitas comuns com Embratel, não inclui longa distância.

 

As receitas das operadoras de celular sofreram mais fortemente este trimestre o impacto da redução da VUM.

 

A Oi teve o maior crescimento de receita nos últimos 12 meses. Ela divulga apenas a receita para o varejo (mobilidade pessoal), que não inclui os celulares do mercado empresarial/corporativo.

 

 

ARPU: Vivo mantém a liderança no 2T12

 

 

 

 

 

A Vivo manteve a liderança em ARPU estimulada pelo crescimento da receita de dados. O ARPU de dados da Vivo (R$ 6,0) representou 27,4% do ARPU total (R$ 21,4) no 2T12.

 

ARPU (R$) 1T11 2T11 3T11 4T11 1T12 2T12
Vivo
23,8
23,5

23,9

24,6

22,4

21,9

Oi 20,7 21,6 22,2 22,3 21,3 21,4
TIM 20,8 21,6 21,2 21,9 19,1 18,3
Claro 19,0 17,0 17,0 17,0 17,0 16,0
ARPU Brasil 21,2 21,0

21,1

21,5

19,9

19,4

Oi Varejo
-
17,7
17,3
16,9
15,9
15,6

Nota: Oi varejo não inclui a receita dos celulares da Oi no mercado corporativo.

 

 

O ARPU da Oi é calculado sem a eliminação de receitas provenientes da Oi fixa, ao contrário do que acontece com as demais operadoras.

 

 

Os minutos de uso mensais por usuário (MOU) Brasil cresceram no 2T12, quando comparados ao 1T12 e ao 2T11.

 

Minutos 1T11 2T11 3T11 4T11 1T12 2T12
TIM
126
127
130
131
126
127
Vivo 114 119 124 119 114 116
Claro 90 84 109 109 105 107
MOU Brasil 110 110 121 120 115 117

Nota: Oi não divulga este indicador.

 

 

 

Rentabilidade: Telefônica/Vivo lidera em Margem EBITDA

 

 

O Grupo Vivo/Telefônica manteve a liderança em rentabilidade no 2T12, colhendo frutos da integração das operações fixa e móvel.

 

 

 

O Grupo Oi ficou com a segunda colocação.

 

 

Margem EBITDA 1T11 2T11 3T11 4T11 1T12 2T12
Vivo/Telefonica
35,4%
37,1%
34,1%
38,5%
34,2%
37,5%
Oi
28,6%
35,0%
35,5%
26,4%
29,6%
31,0%
TIM 27,5% 26,8% 26,4% 27,8% 26,2% 26,7%
América Móvil
27,1%
28,0%
26,7%
24,5%
25,6%
24,0%

 

Nota:A partir do 2T11 foi feita uma modificação no critério de apuração da rentabilidade  dos indicadores calculados pelo TELECO, passando a ser considerada a margem EBITDA do grupo reunindo as operações fixas e móveis. Foi necessário fazer esta modificação pois Vivo, Claro e TIM só divulgam  este indicador  desta forma.

 

 

 

Qualidade: Anatel suspendeu a divulgação dos indicadores

 

A Anatel parou de divulgar as informações de atendimento de metas de qualidade em abril, o que inviabilizou a análise deste indicador para o 2T12.

 

Metas de Qualidade Atendidas
-
1T11
2T11
3T11
4T11
1T12
Abr/12
Vivo
99,7%
100%
99,4%
98,7%
99,9%
99,7%
TIM
99,8%
99,9%
99,9%
99,8%
98,6%
100%
Oi 74,2% 91,4% 86,9% 88,9% 92,4% 89,4%
Claro 97,0% 95,5% 92,8% 83,3% 79,8% 84,5%

 

Em julho a Anatel adotou novos critérios de qualidade para punir TIM, Claro e Oi com a suspensão das vendas de celulares. Com a volta das vendas, ocorrida em 3/08 a Anatel anunciou que pretende fazer um monitoramento trimestral por Unidade da Federação dos seguintes indicadores.

 

Parâmetros de Rede:

  • Taxa de acesso a rede de voz e dados;
  • Taxa de queda de chamadas de voz e conexão de dados;
  • Congestionamento em Rotas de longa distância;
  • Níveis de bloqueio e de quedas de chamadas, por município.

Atendimento:

  • Taxa de Reclamação na Prestadora;
  • Taxa de reclamação dos usuários na Anatel com ênfase nos motivos relacionados a qualidade da rede.

Interrupções do Serviço Celular:

  • Índice de interrupções, levando-se em consideração seu quantitativo, duração média e causas.
  • Nos municípios com população acima de 300 mil habitantes – Monitoramento antena por antena

 

 

 

Cobertura: Vivo na liderança

 

A Vivo se manteve na liderança em população atendida (90,7%) e em quantidade de municípios atendidos.

 

  População atendida
Operadora 1T11 2T11 3T11 4T11 1T12 2T12
Vivo 90,3% 90,3% 90,5% 90,7% 90,7% 90,7%
Claro 90,2% 90,6% 90,6% 90,6% 90,6% 90,6%
Tim 89,5% 89,5% 89,6% 89,6% 89,6% 89,6%
Oi 83,2% 83,2% 83,3% 87,9% 87,9% 87,9%

Fonte: Anatel

 

 

  Municípios atendidos
Operadora 1T11 2T11 3T11 4T11 1T12 2T12
Vivo 3.659 3.665 3.683 3.702 3.704 3.705
Claro 3.486 3.568 3.568 3.568 3.568 3.568
Oi 2.913 2.913 2.979 3.316 3.316 3.316
Tim 3.209 3.209 3.212 3.212 3.212 3.212

 

 

A Vivo é a líder em cobertura 3G, atendendo a 2.831 municípios no 2T12, seguida pela Claro (929), TIM (530) e Oi (346).

 

 

Diante deste cenário pergunta-se:

  • Quem serão os líderes do segundo semestre de 2012?
  • Qual será o impacto nestes indicadores da suspensão das vendas de celulares promovida pela Anatel?
  • Quando a Anatel voltará a divulgar os índices de atendimento de metas de qualidade pelas operadoras?
  • Qual será a evolução do ARPU e do MOU em 2012?

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Internet das Coisas
27 de Junho

Market Update

Regulamentação

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop de Internet das Coisas

Organizador: Teleco
27 de junho

Mais Eventos

LIVROS

 




 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...