Seção: Comentários Teleco

26/08/2012


Troca de chip levou ao crescimento das vendas de celulares no 2T12

O celular apresentou baixo crescimento no segundo trimestre de 2012 (2T12). As adições líquidas no trimestre (5,3 milhões de celulares) foram 38% menores que as do trimestre anterior.

 

As vendas de telefones celulares (aparelhos) também estão em queda. No 1º semestre de 2012 a produção local de aparelhos caiu 25,4%, a importação 55% e a exportação 49%.

 

Estes números poderiam indicar uma desaceleração no crescimento do mercado de celular no Brasil, decorrente da saturação do mercado ou desaquecimento da economia, não fosse o fato que as vendas de linhas de celular (adições brutas) cresceram 5,4% no 2T12. Foram ativados 34,0 milhões de "chips", mais que no trimestre anterior.

 

PUBLICIDADE

 

 

 

Ou seja, as vendas de chips (adições brutas) continuaram crescendo no 2T12, mas as adições líquidas caíram devido ao aumento nos cancelamentos de linhas. A compra de um novo "chip" de outra operadora, ou muitas vezes da própria operadora, leva ao cancelamento do "chip" antigo.

 

 

 

 

 

Foram desligados 28,7 milhões de celulares no 2T12. O churn, taxa média mensal de desligamentos, atingiu 3,8% neste trimestre.

 

 

 

 

A Vivo, que liderou em cancelamentos (8,5 milhões), foi a segunda em vendas (9,5 milhões) e a última em adições líquidas.

 

 

 

A competição acirrada no celular faz com que menos de 25% das vendas das operadoras se traduzam em adições líquidas.

 

 

A troca de operadora acontece em um ritmo frenético no pré-pago, devido a posse de mais de um "chip" e as promoções das operadoras.

 

A suspensão das vendas da TIM durante nove dos trinta e um dias do mês de Jul/12 fez com que a operadora tivesse adições líquidas negativas em todos os estados onde isto ocorreu. Impedida de vender ela não conseguiu compensar os cancelamentos.

 

 

Diante deste quadro pergunta-se:

  • As vendas vão continuar crescendo em 2012? E as adições líquidas?
  • O churn vai continuar crescendo no Brasil? Por que razões?
  • O que as operadoras de celular podem fazer para diminuir a perda de clientes?
  • O que muda neste cenário com a entrada em operação do 3G da Nextel e das primeiras MVNOs?

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

 

Workshop Telecom Market Update

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Internet das Coisas
27 de Junho

Market Update

Regulamentação

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop Lei Geral das Telecomunicações: 20 anos

21 de julho

Organizador: FIESP

Painel Telebrasil 2017

19 e 20 de setembro

Organizador: Telebrasil

Mais Eventos




LIVROS

 

 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...