Seção: Comentários Teleco

22/09/2012


A TIM continua imbatível no Pré-pago

 

Após apresentar redução em sua base de celulares em julho, impactada pela punição aplicada pela Anatel, a TIM voltou a liderar em adições líquidas de celulares em agosto.

 

As adições líquidas de 724 mil celulares da TIM no mês correspondem a mais que o dobro das obtidas por Oi (308 mil) e Vivo (306 mil).

 

A TIM mostrou que continua imbatível no pré-pago, tendo conquistado 75,7% das adições líquidas deste segmento em agosto.

PUBLICIDADE

 

 

 

 

 

Com este resultado a TIM recuperou a liderança em market share de pré-pago, que havia perdido no mês anterior para a Vivo.

 

 

 

 

 

As operadoras de celular apresentaram grandes variações nas suas adições líquidas mensais de pré-pago nos últimos três meses:

  • A Claro liderou em adições líquidas em junho, foi a 2ª colocada em julho e a 2 ª em agosto.
  • A Vivo liderou em julho, mas foi a 4ª colocada em junho e agosto.
  • A TIM foi superada pela Claro em junho, apresentou adições líquidas negativas em julho devido a suspensão de vendas determinada pela Anatel e voltou a liderar em agosto.
  • A Oi foi a 3ª colocada em adições líquidas nos três últimos meses.

 

 

Não foi só a punição da Anatel que contribuiu para estas variações. Estão acontecendo limpezas de base por parte das operadoras, como por exemplo, a que Oi e Claro fizeram em São Paulo nos meses de julho e agosto respectivamente.

 

 

 

 

O Brasil terminou o mês de julho com 257,9 milhões de celulares e uma densidade de 131,2 cel/100 hab. As adições líquidas de 1,49 milhões de celulares no mês foram maiores que as dos dois meses anteriores, mas inferiores às de Ago/11 (3,7 milhões).

 

O pré-pago tem sido o principal responsável pela queda nas adições líquidas mensais de celulares. As adições líquidas de pós-pago superaram as de pré-pago nos dois últimos meses.

 

 

 

 

As adições líquidas acumuladas nos últimos doze meses totalizam 33,9 milhões de celulares em agosto, indicando que 2012 deve apresentar adições líquidas menores que os 34 milhões projetados pelo Teleco no início do ano.

 

 

Diante deste quadro pergunta-se:

  • O resultado obtido em agosto é um indicador de que a TIM superou a crise gerada pela punição recebida pela Anatel?
  • Por que o pós-pago está crescendo mais que o pré-pago?
  • De quanto devem ser as adições líquidas de celulares em 2012?
  • O menor crescimento do celular é uma tendência definitiva? Por que?

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

 

Workshop Telecom Market Update

 

 

Loading

EVENTOS

Mais Eventos

 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...