Seção: Comentários Teleco

05/01/2014


O que acompanhar em 2014

 

Depois de dois anos seguidos de desempenhos considerados regulares para o setor de Telecom no Brasil (mais detalhes), o clima ainda é de otimismo em relação a 2014.

 

Segundo enquete realizada pelo Teleco, 47% esperam que 2014 seja melhor ou muito melhor que 2013. O otimismo é, no entanto, menor que o registrado em enquetes realizadas nos dois anos anteriores, quando este percentual era de 60% e 73%.

 

Apresenta-se a seguir as dez principais tendências a serem acompanhadas no ano de 2014, sendo que . 4G e Fusões e Aquisições devem ser os temas quentes de 2014

 

 

 

 

 

  • 2014 vai ser o ano da 4G?
  • Existe muita expectativa em relação a 2014 ser o ano da 4G. O Teleco estima que a quantidade de celulares 4G no Brasil salte de cerca de 1 milhão em 2013 para 5 milhões no final de 2014. A cobertura deve crescer, mas o preço dos Smartphones 4G ainda deve ser um obstáculo para uma expansão mais rápida.
  • O leilão de frequências de 700 MHz, programado para acontecer em 2014, deve ajudar a manter o tema em alta.
  • Fusões e Aquisições devem continuar em alta em 2014
  • Telefônica e Telecom Itália.
    • A Telefônica precisa da aprovação da Anatel/CADE em 2014 para concluir a aquisição da Telco (Controladora da Telecom Itália). Depende desta aprovação a conversão das ações da Telco, adquiridas em 2013, para ações com direito a voto e a aquisição do restante das ações da Telco, através de uma opção dada a Telefônica pelos demais acionistas da Telco e cujo prazo vence em 15 de fevereiro de 2015.
    • Esta autorização só será concedida pelos órgãos reguladores brasileiros se a Telecom Itália se comprometer a vender a TIM Brasil. A manifestação inicial do CADE indica que o órgão deve exigir que esta venda seja feita para uma outra empresa: " com experiência no setor e sem participação em outra empresa de telefonia no Brasil"
  • Oi e Portugal Telecom.
    • Em 2014 devem se concretizar os passos previstos para a fusão da Oi com a Portugal Telecom formando a CorpCo com ações negociadas no novo mercado da BM&FBOVESPA. Passos importantes são o aumento do Capital da Oi e as incorporações de empresas, simplificando a estrutura acionária, que podem gerar reações de acionistas minoritários.
  • Outras operadoras
    • Tudo indica que irá ocorrer em 2014 a tão esperada consolidação das empresas da América Móvil com a fusão da Claro com a Embratel e a Net.
    • As mudanças ocorridas na Vivendi, com a venda de ativos e o spin-off da SFR, tornam incerto o futuro da GVT no Grupo. As alternativas continuam ser a abertura do capital na bolsa ou venda.
    • Este será um ano decisivo para a Nextel. Se não conseguir apresentar sinais de recuperação pode se tornar alvo de aquisição por outra operadora.
  • Telecom na Copa
  • A Copa do mundo vai colocar em foco o desempenho dos serviços de telecom das operadoras brasileiras, principalmente nos estádios e locais de aglomeração para assistir os jogos, onde os acessos a serviços de dados (mensagem, facebook, video,..) são cada vez mais requisitados pelos usuários.
  • Pagamentos Móveis
  • Com a aprovação da regulamentação o cenário está armado para os Pagamentos móveis deslancharem no Brasil em 2014. A solução está madura, as parcerias estão feitas e os pagamentos móveis começam a ganhar volume no mundo.
  • 3G X 2G
  • 3G deve continuará avançando para se tornar a principal tecnologia de celular do país. Os aparelhos GSM ainda representavam mais de 60% dos celulares em 2013, mas podem ser superados pelos 3G no final de 2014.
  • Crescimento do Pós-pago
  • O pós-pago deve manter o crescimento de 2 dígitos em 2014, beneficiando-se da migração de clientes do pré-pago para planos controles e do crescimento dos serviços de dados.
  • Crescimento da receita de dados das operadoras
  • Com as receitas de voz fixa em queda e as de voz móvel apresentando baixo crescimento as operadoras passam cada vez mais a depender de dados para crescer a receita. Este quadro justifica os pesados investimentos para a construção de uma nova infraestrutura de banda larga fixa e móvel.
  • Crescimento dos Smartphones
  • O foco em serviços de dados tem levado as operadoras a estimular a venda de Smartphones que superaram às de telefones celulares comuns em 2013. A disputa entre os fornecedores deve continuar acirrada em 2014, com a Nokia, agora Microsoft, melhor posicionada para enfrentar a Samsung e a Apple.
  • Crescimento da Banda Larga Fixa e da TV por Assinatura
  • Mais de 50% dos acessos banda larga do Brasil possuíam velocidade superior a 2 Mbps no final de 2013. Este percentual deve crescer em 2014 com o avanço das redes de alta velocidade. O crescimento da quantidade de acessos deve, no entanto, manter o ritmo dos anos anteriores. O mesmo vale para a TV por Assinatura que, após um período de forte crescimento do DTH, passa a ter um crescimento mais lento e com uma contribuição maior da TV a Cabo, estimulada pelas novas autorizações de SeAC.
  • Revisão dos Contratos de Concessão
  • Uma revisão dos Contratos de Concessão do STFC, válida para o período 2016-2020, deve entrar em vigor em dezembro de 2015. A Anatel iniciou o debate com uma consulta pública sobre temas como universalização, TUP (Orelhões), qualidade e longa distância.

 

Registre-se ainda a discussão do marco civil da Internet, em tramitação no Congresso, e a mudança do endereçamento da Internet para o IPV6, que pode se tornar um tema quente se ocorrerem problemas durante a transição

 

Merecem ainda destaque temas que não estão entre os mais quentes do ano, mas tem potencial de se tornarem importantes nos próximos anos: São eles: MVNO, Femtocell, Internet das coisas (M2M) e PGMC.

 

 

Diante deste quadro pergunta-se:

  • O ano de 2014 será bom para o setor de telecomunicações no Brasil?
  • 2014 será o ano da 4G?
  • A Telefônica irá assumir o controle da Telecom Itália?
  • Como será o desempenho das operadoras de telecom na Copa?
  • 3G irá se tornar a principal tecnologia de celular do Brasil?

 

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

 

 

Workshop

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Internet das Coisas
27 de Junho

Market Update

Regulamentação

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop de Internet das Coisas

Organizador: Teleco
27 de junho

Mais Eventos

LIVROS

 




 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...