Seção: Comentários Teleco

22/09/2013


TV por Assinatura e Banda Larga Fixa nas dez maiores Capitais Brasileiras

 

O Brasil terminou o mês de Nov/13 com 17,9 milhões de acessos de TV por Assinatura, sendo 11,1 milhões via satélite (DTH) e 6,8 milhões de TV a cabo.

 

A entrada da Embratel no DTH em 2009 acirrou a competição neste mercado, que passou a crescer mais que a TV a cabo.

 

Em Nov/13, a SKY era responsável por 48,1% dos acessos de DTH no Brasil, a Embratel por 32,2% e outros (GVT, Oi, Vivo) pelos restantes 19,7%.

 

PUBLICIDADE

 

 

 

 

O crescimento do DTH ocorreu principalmente nas áreas não atendidas pela TV a Cabo, que tinha a sua expansão contida pela falta de novas autorizações.

 

As novas autorizações de SeAC, que permitiram que operadoras como a NET expandissem sua atuação para mais municípios não modificaram, no entanto, este quadro em 2013. A TV a cabo deve repetir as adições líquidas de 0,7 milhões apresentadas em 2012.

 

Já o DTH, apresentou uma desaceleração em 2013. Deve apresentar cerca do dobro das adições líquidas da TV a cabo no ano, resultado menor, no entanto, que os 2,9 milhões de 2012.

 

A Embratel/Net é a líder em market share de TV por Assinatura do Brasil, com 53,5%, seguida pela SKY (29,7%). A presença da NET na TV a Cabo, com um market share de 88% dos acessos deste segmento (Nov/13), colaborou para que o Grupo assumisse a liderança em market share de banda larga fixa no 3T13, com 29,6% dos acessos.

 

TV por Assinatura e Banda Larga Fixa

 

A TV a cabo é um componente importante para o crescimento da banda larga fixa no Brasil, como exemplificado na figura a seguir, que apresenta uma comparação da densidade de acessos banda larga fixa (SCM) com a participação da TV a cabo no total de acessos de TV por Assinatura para as 10 maiores capitais brasileiras (população), no 3º trimestre de 2013 (3T13).

 

 

Fonte: Teleco e Anatel (3T13).
Nota:Acessos SCM incluem os acessos de dados banda larga fixa (>256 kbps) e banda estreita (< 256 kbps) e são utilizados neste comentário como uma aproximação para os acessos banda larga fixa nas capitais.

 

Estas dez capitais podem ser divididas em dois grupos:

  • Aquelas em que a TV a Cabo responde por mais de 50% de acessos de TV por Assinatura (São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba e Rio de Janeiro), ou quase isto (Brasília) e que possuem uma densidade superior a 20 acessos SCM/100 hab.
  • Aqueles onde predomina o DTH e possuem uma densidade inferior a 15 acessos SCM/100 hab. (Manaus, Fortaleza, Salvador e Recife) assim como o Brasil.

 

-
População (milhões)
Acessos SCM/ 100 hab.
Acessos TV por Assinatura/ 100 hab.
% TV a Cabo no total de
TV por Assinatura
São Paulo
11,8
26,0
20,1
66,1%
Belo Horizonte
2,5
27,4
20,0
65,6%
Porto Alegre
1,5
27,2
23,9
64,1%
Curitiba
1,8
27,8
18,9
58,5%
Rio de Janeiro
6,4
22,9
20,9
51,1%
Brasília
2,8
22,2
15,9
47,3%
Manaus
2,0
7,8
11,8
41,3%
Fortaleza
2,6
12,6
9,1
23,6%
Salvador
2,9
12,3
10,4
5,2%
Recife
1,6
13,9
10,3
4,5%
Total
35,9
21,8
17,6
54,0%
Brasil
201,0
10,8
8,7
37,6%

 

 

A Embratel/Net é a líder em TV por Assinatura em 7 das 10 maiores capitais brasileiras, justamente aquelas onde a TV a cabo representa mais de 40% dos acessos de TV por Assinatura.

 

 

 

 

A Embratel/Net é também líder em acessos banda larga fixa (SCM) em cinco destas sete capitais, perdendo apenas para a Vivo (48,6%) em São Paulo e para a GVT (37,4%) em Curitiba.

 

A SKY é a líder em TV por Assinatura nas outras três capitais (Fortaleza, Salvador e Recife). A operadora aposta no LTE para oferecer banda larga fixa e possuía 2,2% de market share em Brasília no 3T13.

 

 

Nota: Os dados anteriores ao 4T12 não foram apresentados pois apresentam inconsistências nos valores divulgados pela Oi.

 

Nestas três capitais do Nordeste, a liderança em banda larga fixa é dividida entre Oi e GVT

 

 

 

A Oi é líder em market share de banda larga fixa em Fortaleza e Salvador e a GVT em Recife.

 

 

 

Merece destaque o crescimento da GVT em TV por Assinatura, com uma solução que combina o DTH com um canal de retorno pela banda larga. Lançada em 2011, a GVT já conquistou mais de 10% de market share em Curitiba, Fortaleza e Recife.

 

 

Diante deste cenário pergunta-se:

  • Qual a importância da TV por Assinatura para o crescimento da banda larga no Brasil?
  • A TV a cabo vai crescer mais que o DTH em 2014?
  • A Embratel/Net vai manter sua liderança em TV por Assinatura e Banda Larga Fixa em 2014?
  • A TV a cabo superava o DTH em 72 municípios brasileiros no 3T13. Esta quantidade deve aumentar em 2014?

 

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Regulamentação
10 de Maio

Internet das Coisas
30 de Maio

Market Update

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Workshop Regulamentação

Organizador: Teleco
10 de maio

Workshop de Internet das Coisas

Organizador: Teleco
30 de maio

Mais Eventos

LIVROS

 




 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...