Seção: Comentários Teleco

12/07/2014


3G deve se tornar a principal tecnologia do celular no Brasil em 2014

O avanço tecnológico tem sido uma constante no serviço celular. Em um período de 15 anos o celular apresentou as seguintes mudanças de tecnologia no Brasil:

  • Até 1998 a principal tecnologia era o sistema analógico AMPS, tecnologia dominante na 1ª geração do celular.
  • De 1998 a 2004 as principais tecnologias eram o TDMA e o CDMA, tecnologias digitais de 2ª geração padronizadas nos Estados Unidos.
  • De 2005 a 2013 o GSM, padrão de tecnologia 2G de origem europeia que se tornou dominante no mundo passou a ser a principal tecnologia do país.
  • Em 2014, a tecnologia 3G deve se tornar a principal tecnologia de celular do Brasil.

PUBLICIDADE

 

 

.Nota: Não inclui terminais de dados

 

Mantidas as tendências atuais, entre setembro e outubro de 2014 o Brasil passará a ter mais celulares 3G do que GSM. Considera-se nesta análise apenas acessos via aparelhos. Não são considerados os 16 milhões de terminais de dados (M2M e banda larga) existentes em 2014.

 

 

 

 

Entre as quatro principais operadoras de celular do país, a Claro é a operadora que está mais adiantada nesta transição.

 

Em maio, eram 3G 64,4% dos celulares (aparelhos) da Claro, 39,7% da TIM, 38,1% da Vivo e 31,0% da Oi.

 

 

 

 

A tecnologia 3G já apresenta hoje uma cobertura abrangente estando disponível para 91,3% da população.

 

 

mai/14
Municípios atendidos
% População Coberta
GSM
3G
4G
GSM
3G
4G
Vivo
3.756
3.152
94
91,2%
86,9%
33,9%
Claro
3.638
1.499
85
91,5%
73,6%
35,5%
TIM
3.406
1.172
45
91,1%
71,6%
30,6%
Oi
3.351
1.035
45
88,5%
79,3%
30,6%
Nextel
-
410
-
28,2%
47,1%
-
CTBC
106
32
-
2,0%
1,2%
-
Sercomtel
2
2
-
0,3%
0,3%
-
Total
5.565
3.661
114
100%
91,3%
38,0%

 

 

Esta transição para a tecnologia 3G passa a depender, em grande parte, da velocidade com que os usuários trocam seus aparelhos celulares para esta tecnologia.

 

Apesar do preço mais baixo dos aparelhos GSM, a utilização dos serviços de dados, como acesso a internet e redes sociais, tem levado a que maior parte das vendas de telefones celulares no Brasil sejam de smartphones 3G.

 

Dados do IDC, divulgados pela Abinee, indicam que eram smartphones 76% dos telefones celulares vendidos no Brasil mai/14, contra 53% de mai/13.

 

Fonte: IDC/Abinee

 

Como no Brasil são vendidos cerca de 60 milhões de telefones celulares por ano e muitos dos celulares usados são repassados a outros usuários, é possível entender porque o GSM ainda deve ter uma presença significativa na base de celulares do Brasil nos próximos 3 a 4 anos.

 

O ano de 2014 deve ser, portanto, o ano da tecnologia 3G no Brasil. Mas ao mesmo tempo que a 3G se torna a principal tecnologia de celular do Brasil, começa a se expandir no país uma nova tecnologia (4G) que oferece mais capacidade e velocidade no acesso de dados.

 

A exemplo do que aconteceu com a 3G, a tecnologia 4G deve levar alguns anos para se tornar a principal tecnologia de celular do Brasil. A velocidade desta transição dependerá da expansão da cobertura 4G e dos preços dos smartphones 4G que, por terem uma escala mundial menor, ainda estão acima dos mil reais.

 

 

Diante deste cenário pergunta-se:

  • 3G deve se tornar a principal tecnologia do celular no Brasil em 2014?
  • Por que a Claro está mais adiantada que as demais na transição para 3G?
  • Como o leilão de frequências de 700 MHz afeta este quadro?
  • Em quantos anos a 4G dominará a planta brasileira?

 

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

 

Loading

EVENTOS

Mais Eventos

 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...