Jonio Foigel

 

 

Jonio Foigel nasceu em Recife no dia 24 de julho de 1952. 

 

Graduou-se em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Pernambuco em 1976. Logo após concluir o curso, estudou por quatro anos na França, obtendo mestrado (DEA) em Computação e doutorado (PHD) em Sistemas de Automação pela Universidade Pierre et Marie Curie. Foigel fala português, inglês, francês e hebraico. 

 

Iniciou sua carreira na CGEE Alsthom como gerente de desenvolvimento de automações de sistemas, sendo responsável por estes projetos nas principais usinas hidrelétricas brasileiras, como Tucuruí, Taquaraçu, Três Irmãos, Segredo e Porto Primavera, entre outras. Foi um dos pioneiros nesta atividade no Brasil e também cuidou de grandes centros de supervisão e controle de redes elétricas dos estados de São Paulo (Cesp) e Rio de Janeiro (Light). 

 

Em 1984, assumiu a diretoria das então recém-criadas CBB Instrumentação e Controle e CBB Informática e Sistema, empresas brasileiras do segmento de automação, instrumentação, computação, eletrônica aplicada, software e instrumentação industrial, que desenvolviam tecnologia nacional de ponta para os setores elétrico, industrial e predial. 

 

Já em 1993, Foigel passou a atuar como diretor-superintendente e, posteriormente, como presidente da Cegelec no Brasil (novo nome da CGE Alstom). No cargo, Jonio acompanhou de perto a privatização na siderurgia, o que lhe deu experiência para outra etapa fundamental nas privatizações brasileiras: o setor elétrico. Todo o conhecimento em siderurgia, aliado ao bom relacionamento com grandes grupos europeus, consolidou a empresa em uma posição de destaque nas áreas de infra-estrutura e indústria no Brasil. 

 

Em 1998, com a compra da Cegelec pela Alstom, tornou-se diretor-superintendente da Alstom T&D, divisão responsável pelas áreas industrial, transmissão e distribuição do grupo Alstom no Brasil. 

 

Em março de 2000, período em que as telecomunicações estavam em plena expansão no País, Jonio assumiu a presidência da Alcatel no Brasil. De lá para cá, foi responsável por posicionar a Alcatel como fornecedora de serviços e soluções integradas, fazendo da empresa a líder no fornecimento de tecnologias avançadas para operadoras fixas e uma das três principais no fornecimento de soluções para telefonia móvel. 

 

Com a fusão da Alcatel com a Lucent Technologies, Jonio Foigel é desde 1º de dezembro de 2006 o presidente da Alcatel-Lucent no Brasil. 

 

 

Em Debate Especial

 

Os Principais Desafios do Setor de Telecom no Brasil

Banda Larga para todos

3G: Evolução das principais tecnologias

DSL e suas Evoluções