Atualizado em: 25/03/12

Vivo e TIM se alternam na liderança em adições líquidas

 

 

O Brasil voltou a apresentar um crescimento recorde do celular em fevereiro, com adições líquidas de 2,44 milhões de celulares, superando por pequena margem as adições líquidas de Fev/11 (2,42 milhões). A Vivo liderou em adições líquidas em Fev/12 (1.032 mil), seguida pela TIM (791 mil), Oi (310 mil) e Claro (305 mil).

 

As adições líquidas de fevereiro confirmam as tendências observadas nos últimos seis meses:

 

 

 

O resultado desta evolução é que Vivo e TIM acumularam 7,7 milhões de celulares nos últimos seis meses, enquanto Claro e Oi acumularam 4,3 e 3,9 milhões respectivamente neste período.

 

 

 

 

A Vivo liderou em quatro dos últimos seis meses e a TIM em dois.

 

 

 

 

Este quadro é determinado principalmente pelas adições líquidas no segmento pré-pago que apresentou nos últimos seis meses uma distribuição das adições líquidas entre as operadoras semelhante à apresentada para o total de celulares.

 

 

 

 

A disputa entre Vivo e TIM pela liderança em market share de pré-pago tem estimulado o crescimento das adições líquidas destas duas operadoras. A vantagem da Vivo em relação à TIM, que havia caído para 660 mil celulares em dezembro de 2011, subiu para 1,1 milhão em fevereiro.

 

 

 

 

No segmento pós-pago a disputa está mais embolada, com Claro, Oi e TIM se alternando na 2ª colocação em adições líquidas nos últimos três meses.

 

 

 

 

 

Diante deste quadro pergunta-se:

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

 

Workshop Telecom Market Update

 

 

EVENTOS

Mais Eventos