Seção: Comentários Teleco

24/10/2010


A Tim lidera o crescimento do celular em Set/10 e ultrapassa a Claro em market share de pré-pago

 

A Tim liderou o crescimento mensal do celular em setembro com adições líquidas de 1 milhão de celulares. Conquistou ainda a liderança no trimestre (3T10) e está muito próxima de superar a Vivo em adições líquidas no ano.

 

 

 

Com este resultado a Tim reduziu para 1,8 milhões de celulares a distância que a separa da Claro esquentando a briga pela segunda colocação em market share (mais detalhes). Note-se que, apesar da Claro ter sido a segunda colocada em adições líquidas no 3T10, a Tim conseguiu reduzir no trimestre a diferença entre ela e a Claro em 657 mil celulares.

 

 

 

 

Os planos agressivos da Tim com chamadas a R$ 0,25, inclusive longa distância, estão alavancando o seu crescimento no segmento pré-pago, onde obteve 87% de suas adições líquidas no ano.

 

 

 

 

Estes planos ajudaram a Tim a ultrapassar a Claro em market share de pré-pago em setembro de 2010

 

 

 

 

A Vivo continua mantendo o foco no pós-pago, tendo sido responsável por 60% das adições líquidas totais de pós-pago no acumulado dos 3 primeiros trimestres do ano.

 

 

Já a Oi, apresentou adições líquidas de apenas 182 mil celulares no 3T10. A operadora perdeu força em São Paulo, onde obteve 83% de suas adições líquidas nos 2 primeiros trimestres do ano. No 3T10, ela foi a quarta em adições líquidas no estado com 87 mil celulares. Os planos agressivos da Tim ocuparam o espaço de crescimento da Oi em São Paulo, principalmente na região metropolitana (DDD 11) onde a Oi em Set/10 apresentou adições líquidas negativas (-8,9 mil celulares) enquanto a Tim liderou o crescimento com 215 mil celulares de adições líquidas..

 

 

Diante deste cenário pergunta-se:

  • Quem vai ser a líder em crescimento no ano?
  • A Tim vai ultrapassar a Claro em market share de celular?
  • A Vivo vai continuar liderando o crescimento no pós-pago?
  • Quando a Oi vai mudar sua estratégia e voltar a crescer no mesmo ritmo das demais operadoras?

 

Comente!

Para enviar sua opinião para publicação como comentário a esta matéria para nosso site, clique aqui!

 

Nota: As informações expressadas nos artigos publicados nesta seção são de responsabilidade exclusiva do autor.

 

 

Comentário de Paulo Morais

Não é surpresa esse desempenho da Tim que desde o ano passado foi para o ataque enquanto outras operadoras ficaram muito na defensiva. A estratégia da Tim foi a de comunidade e se falar nessa rede a um custo baixo até para interurbano, então as outras operadoras vão ter que se mexer para aumentar a competitividade. Porque se continuar assim a Vivo que se cuide.

 

 

Comentário de Luciano Barreto

A qual custo a TIM vai manter estes resultados? é possivel ser rentável com estas ofertas? O principal para a análise do cenário de Telecom no Brasil é vincular os resultados físicos com os financeiros.

 

A TIM está esmagando funcionários (antes 5 faziam 5 diversas funções, hoje 1 faz o que os 5 antes faziam, e claro a qualidade é 0), não investe em melhorias, o cliente pós pago que é quem traz receita está sendo deixado de lado, o 3G não cresce e é a pior conexão. Mas até onde isto vale a pena ?

 

 

Comentário de Marcelo Ribeiro

Simples: a Tim é a mais barata. O melhor custo benefíco. Essa é a realidade desse país onde alguns insistem em achar que vivem na Europa. Inclusive as operadoras concorrentes da Tim, acostumadas a sugar vorazmente seus clientes a preços exorbitantes.

 

A Tim prova agora, que independente de impostos, o que falta é vontade! E ao que tudo indica, ela possui essa vontade. Está passando de operadora incerta para um sucesso! E a Tim vai lucrar, como vai! Cheia de clientes pré vai ganhar muito sem precisar emitir contas. Ela não obriga a recargas, mas seus preços baixos "icentivam" seus clientes a manter créditos ativos.

 

Lembrando a quem não sabe, que nos EUA, país super desenvolvido, a TRACFONE do grupo AMÉRICA MÓVIL é TOTALMENTE PRÉ-PAGA. Nem por isso ela tem prejuízo, ao contrário, lucra muito.

 

A Tim caminha para o tudo ou nada. Espero que seja o tudo. Afinal, baixar radicalmente preços para o cliente pré é um marco. Seja no móvel com o Infinity ou no fixo com o Tim Fixo pré, a operadora está no caminho certo de sua conquista e ascensão. As demais não tem escolha. Ou copiam ou MORREM. O tempo vai dar razão à TIM. Ainda mais diante da imobilidade das demais. Parecem não acreditar que NÃO EXPLORAR os brasileiros está dando lucro. E a Tim vai conquistando seu espaço, ousada, enquanto as demais ficam boquiabertas. Reagir agora não é mais questão de honra, é questão de sobrevivência.

 

O que mais me surpreende são as concessionárias (Telefonica, Oi e BrT) que já possuiam rede amplas e não são capazes de fazer nada diante disso. Ou não querem. Poderiam neutralizar o fixo da tim mediante produto semelhante e nada fazem. Preferem sangrar clientes em direção à concorrência do que beneficiar seus próprios clientes. Preferem jogar a classe C e D nos braços da Tim do que lançare m planos mais em conta.

 

Eu tenho certeza de que esse OSTRACISMO das demais vai sair muito caro pra elas. Não adianta tentar formar redes com falsos subsídios. A Tim já formou a dela e está roubando clientes da Oi e da Vivo de maneira galopante. Clientes pós nunca vão bastar pra manter o lucro. Acordem e reajam. Caso contrário, a Tim vai passar. Com certeza!

 

 

Comentário de Charles Oliveira

Tem que haver uma análise de percentual de clientes que utilizam as linhas. A Tim na minha cidade da chip pra todo mundo, tem que analisar se o cliente realmente está usando. Já a Vivo faz muita doação de aparelho no pano controle. Claro e Oi sao muito fracas em promoções.

 

 

Comentário de Andre Roncon

Parabéns à Tim, não sei com relação ao seu lucro, mas que é muito bom ter um celular pra usar á vontade em qualquer lugar do Brasil e pagar 0,25.

 

A Claro não faz nada pra mudar este quadro, tá cada vez pior, tanto o sinal quanto o atendimento e a dificuldade na contratação dos pacotes... rsrs é uma piada. Bom, eles que resolvam!

 

Mas na verdade além de tudo acho que esta jogada de distribuir chips à 5 reais é uma boa, quem vai pagar 20 reais num chip da oi? Inviável, né? Talvez por isso quem vende chip barato tende a vender mais; só que tem um lado negativo com relação ao número de chips que vão ficando de lado nas gavetas.

 

Acho mesmo que virou uma reciclagem contínua de chips, visto que a população troca de número como trocam de roupas. Ainda estou pra ver uma operadora que ofereça tudo num só chip promoção pra qualquer operadora, mensagens, internet 3G, roaming etc, cobertura boa, mas enquanto isso aguardamos utilizando celulares de 4 chips..rsrs outra piada! Quem sera a primeira a ousar? Esta sim irá fazer a diferença creio eu.

 

 

Loading
CONSULTORIA TELECO

Inteligência em Telecom

Estudos e Base de Dados

Relatórios

Celular Brasil 2016

Telecom e Capex

Venda de Planilhas

Dados históricos do Mercado Brasileiro

Workshops

Internet das Coisas
27 de Junho

Market Update

Regulamentação

Mais Produtos

 
 

EVENTOS

Painel Telebrasil 2017

19 e 20 de setembro

Organizador: Telebrasil

Mais Eventos




LIVROS

 

 

 


Siga o Teleco

linkedin

 

...